Home » Apresentação e Histórico

Apresentação e Histórico

Apresentação

O Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal do Paraná é, hoje, um Programa nota 5. Esse conceito foi obtido no triênio 2007-2009 a partir de um pedido de reconsideração da última avaliação trienal da Capes. Os argumentos centrais do pedido mostravam que o Programa, em seus 35 anos de existência à época, contribuiu de forma significativa e inequívoca com a Pós-Graduação stricto sensu brasileira, tendo atingido um nível de excelência tanto nos resultados em termos de formação de pessoal (atingimos a marca de 500 formandos em 2010) e de produção bibliográfica, como também na sua inserção em nível nacional e internacional, de que dão prova os indicadores do programa.

Histórico

O Programa de Pós-Graduação em Letras da UFPR, iniciado em 1975, com duas áreas de concentração, Língua Inglesa e Literaturas de Língua Inglesa, em 1985 implantou a área de concentração em Linguística de Língua Portuguesa e em 1988 a área de concentração em Literatura Brasileira. Nos anos 90, o reordenamento do quadro docente, conjugado às novas perspectivas dos saberes acadêmicos e aos seus novos modos de articulação, determinou total reorganização do Programa, bem como amadurecimento do projeto de abertura de novo nível de pós-graduação. No final dos anos 90, o Programa de Pós-Graduação em Letras da UFPR constitui-se de duas Áreas de Concentração – Estudos Linguísticos e Estudos Literários – tendo-se também procedido a uma rigorosa revisão das Linhas de Pesquisa.  Estas foram definidas a partir do perfil de formação dos docentes envolvidos e dos projetos em que estavam trabalhando, formando-se assim novos grupos de trabalho. Os projetos remanescentes foram realocados e em larga medida foram os definidores das novas Linhas. Na área de Estudos Linguísticos, a alocação do docente em uma Linha de Pesquisa tem um perfil definido com maior precisão, enquanto nos Estudos Literários há maior mobilidade e vários docentes se inscrevem em mais de mais de uma Linha, consequência da natureza específica de cada área do conhecimento. Em 2000 alcançou-se junto à CAPES o credenciamento do doutorado na área de concentração em Estudos Linguísticos, enquanto a área de concentração em Estudos Literários registrou o primeiro ingresso nesse nível em 2002.

Em 2007, o Programa comemorou 30 anos de sua primeira defesa de dissertação de mestrado e realizou a defesa de seu 400º trabalho. Iniciou no segundo semestre nova avaliação e ajuste das linhas de pesquisa, nas duas áreas de concentração. O trabalho de reformulação culminou em 2008.

Em 2010, o Programa finalmente obteve a nota 5 da Capes, atingindo de modo inequívoco uma nível de excelência que está claramente manifesto na história de sua evolução e patente em todos os indicadores e resultados concretos alcançados.

2011 configurou-se como o período de consolidação dos trabalhos e planejamento para reavaliação de estrutura curricular interna bem como para reavaliação de projetos de inserção e solidariedade regional e nacional.

Já o ano de 2012, a partir do processo de reavaliação, foi o período de planejamento de Reforma Curricular e Representativa do Programa. Nesse sentido, além de o quadro de disciplinas ter sido amplamente revisto, em opções de carga horária e créditos mais maleáveis, a representatividade junto ao Colegiado do Programa (COPOL) foi reformulado, prevendo representantes de linhas – e não mais representantes por área -, coordenação e representação discente.

Em 2013, o Programa manteve sua nota 5 na Avaliação Trienal da Capes e trabalha agora para atingir níveis melhores nas próximas avaliações.