O Programa

O Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservação – UFPR visa fornecer o embasamento teórico e prático para o desenvolvimento de atividades de ensino, pesquisa e extensão, nas mais diferentes áreas da Ecologia básica e aplicada, procurando fornecer subsídios ao desenvolvimento científico e tecnológico do país ao mesmo tempo em que busca a conservação de ecossistemas em toda a sua complexidade.

 

Informações relevantes

 

Um processo seletivo para vagas de doutorado está aberta, clique aqui para informações

 

Contatos

Secretaria (responsabilidade de Marilyn, atende somente em Português): ecologia@ufpr.br ; +55 41 33611595

Coordenador (Andre, atende em Português e Inglês): aapadial@gmail.com ; +55 41 33611790

 

Colegiado 2018-2019:

Prof. André Andrian Padial

Profa. Karla M. Campião

Profa. Lilian T. Manica

Prof. Luís Fernando Fávaro

Profa. Lucélia Donatti

Prof. Marcos B. Carlucci

Rep. Discente Luiz Henrique Varzinczak

 

Suplentes:

Profa. Rosana M. Rocha

Prof. Ciro A. O. Ribeiro

Rep. Discente Elena F. Galvanese

 

O calendário de atividades de 2018 está disponível aqui

 

MATRÍCULA PARA OS NOVOS ALUNOS

A matrícula presencial para os novos alunos ocorrerá entre os dias 15/02/18 a 15/03/18, no horário das 08:00h as 16:30.

Segue abaixo os documentos necessários para a matrícula (cópia e original):

a) uma foto 3×4 com fundo branco;
b) cópia do diploma, documento comprobatório de conclusão da Graduação (MESTRADO) ou cópia do diploma, documento comprobatório de conclusão do Mestrado em Curso reconhecido pela CAPES (DOUTORADO);
c) histórico escolar da Graduação (MESTRADO) e do Mestrado (DOUTORADO);
d) documentos pessoais: cópia da carteira de identidade, do CPF e da certidão de nascimento ou de casamento e, se for estrangeiro, cópia da folha de identificação do passaporte com visto de permanência no país;
e) Curriculum vitae gerado pela plataforma Lattes do CNPq completo e documentado;
f) certificado ou comprovante de suficiência em inglês ou o obtido no Mestrado;
g) comprovante de residência (não é necessário cópia)

Para implementação da bolsa, é preciso preencher:

1) o termo de compromisso – Preenchimento no dia da matrícula aqui na Secretaria;

2) o formulário relativo à bolsa. Para tanto é preciso abrir uma conta no Banco do Brasil. Esta conta não pode ser conta conjunta. Peço que abram a conta no Banco do Brasil antes da matrícula.

A matrícula nas disciplinas do 1º semestre  de 2018 deverão ser realizadas no período de 15/02/2018 a 15/03/2018. Fora desse período, contate diretamente a secretaria.

 

QUER FAZER PARTE DO CORPO DE DOCENTES? CLIQUE AQUI PARA SABER COMO

 

FICAMOS FELIZES EM ANUNCIAR PREMIAÇÃO DE TRABALHOS DO PPGECO, PARABÉNS AOS ENVOLVIDOS!

 

ALUNOS PREMIADOS : Luiz Henrique Varzinczak e Laura Maria Schaedler

ORIENTADORES: Fernando de Camargo Passos e Lilian Tonelli Manica

TRABALHO:  “Assessing nestedness for insular bird assemblages: Contrasting island area and isolation for multiple dimensions of biodiversity.”

PRÊMIO: Terceiro melhor pôster de alunos na categoria Pós-Graduação no Ornithological Congress of the Americas realizado em Puerto Iguazu.

 

ALUNA PREMIADA : Laura Maria Schaedler

ORIENTADOR: Lilian Tonelli Manica

TRABALHO: “Singing in unisson: duets and choruses in blue manakins (Chiroxiphia caudata)”

PRÊMIO: Terceiro melhor lugar como apresentação oral da aluna na categoria Pós-Graduação no Ornithological Congress of the Americas realizado em Puerto Iguazu.

 

ALUNO PREMIADO : Deivyson Cattine Bozza

ORIENTADOR: Viviane Prodocimo

TRABALHO: “Regulação osmo-iônica da espécie dulcícola Aegla schmitti Hobbs III, 1979 (Decapoda, Anomura, Aeglidae) submetida ao choque hiper-salino”

PRÊMIO: Melhor Pôster de aluno de pós-graduação no IX Congresso Brasileiro sobre Crustáceos

 

No vídeo da série “Produzindo Ciência”, o mestre e doutorando em Ecologia e Conservação da UFPR, Daniel de Miranda Lins, fala sobre seus estudos, que envolvem um conjunto de espécies invasoras marinhas – as ascídias. Estes invertebrados se fixam em superfícies, no fundo de embarcações e em cultivos marinhos, provocando impactos econômicos e ambientais. Abaixo o link para acesso:

https://youtu.be/EYgj2xvquEE