Home » Organização Acadêmica » Linhas de Pesquisa

Linhas de Pesquisa

Farmacologia de Produtos Naturais


Professores:

Prof. Dr. Arquimedes Gasparotto Junior
Avaliação pré-clínica de produtos naturais: Avaliação de eficácia e segurança na utilização e desenvolvimento de produtos naturais com potencial diurético, hipolipemiante, vasodilatador e anti-hipertensivo.

Profa. Dra. Maria Fernanda de Paula Werner
O Laboratório de farmacologia do trato gastrintestinal e da dor tem como objetivo principal a avaliação pré-clínica de produtos naturais, investigando os efeitos biológicos em modelos de doenças do trato digestório (úlcera, colite) e em diferentes modelos para o estudo da dor

Prof. Dr. Michel Fleith Otuki
Farmacologia e Patofisiologia das doenças inflamatórias de pele, Desenvolvimento de fármacos, medicamentos e cosméticos para o tratamento de disfunções cutâneas.

 

Farmacologia da Dor, Inflamação e Febre


Professores:

Prof. Dr. Aleksander Roberto Zampronio
Mecanismos e mediadores envolvidos na efetivação da resposta febril e de outros fenômenos da reação de fase aguda em ratos bem como de sua modulação por sistemas endógenos e por drogas anti-inflamatórias. Mecanismos de integração desta reação de fase aguda com a resposta inflamatória local, particularmente no que diz respeito à participação de células residentes (macrófagos) e a migração de leucócitos para o foco inflamatório.

Profa. Dra. Daniela de Almeida Cabrini
Estudo do processo inflamatório e sintomas relacionados, com ênfase nas patologias cutâneas. Estudo do envolvimento do sistema das cininas no processo inflamatório. Avaliação do efeito terapêutico e estudo do mecanismo de ação de produtos naturais com atividade antiinflamatória e analgésica.

Profa. Dra. Eunice André
Tem experiência na área de Farmacologia, com ênfase em Farmacologia periférica, atuando principalmente nos seguintes temas: Envolvimento de neuropeptídeos como substância P e CGPR e de receptores com potencial transitório em diferentes patologias como: do trato urinário, gastrintestinal e dor inflamatória. Avaliação de novas moléculas que ativam ou antagonizam os receptores de receptores de potencial transitório como o TRPV1 e TRPA1.

Profa. Dra. Joice Maria da Cunha
Avaliação do efeito da Anandamida e de drogas que interferem no sistema endocanabinóide na dor neuropática diabética e Avaliação dos mecanismos intracelulares dependentes de óxido nítrico/GMPc/proteína quinase G (PKG)/fosfatidil inositol 3-quinase (PI3K)/proteína quinase B (Akt) e canais de potássio na refratariedade da morfina na dor neuropática diabética.

Profa. Dra. Juliana Geremias Chichorro
Estudo de mecanismos e mediadores envolvidos em dores inflamatórias, crônicas e neuropáticas. Dores orofaciais. Avaliação do potencial analgésico das substâncias em diferentes modelos para o estudo da dor.

 

Neurociências


Professores:

Prof. Dr. Cláudio da Cunha

Neurobiologia dos núcleos da base. Estuda os mecanismos pelos quais esse sistema neural aprende selecionar ações com consequências gratificantes ou que evitam situações aversivas. Para tanto utiliza técnicas de farmacologia comportamental, neuroquímica, eletroquímica e eletrofisiologia. Há uma ênfase no papel da dopamina como principal modulador dos núcleos da base.  Esses mecanismos estão implicados em processo de aprendizagem e em doenças neuropsiquiátricas como a doença de Parkinson, abuso de drogas, esquizofrenia, entre outras. 

Profa. Dra. Cristina Aparecida Jark Stern

Estuda a neurobiologia da memória aversiva com foco nos processos de consolidação e reconsolidação, tendo interesse em entender a participação do sistema endocanabinoide em regiões como o córtex pré-frontal medial e hipocampo nesses processos. Avalia o efeito dos principais fitocanabinoides na ansiedade e memória de medo e também estuda a importância da proteína quinase C na reconsolidação e persistência da memória aversiva.

Também estuda o efeito de novos inibidores de fosfodiesterases desenvolvidos como “cognitive enhancers” na extinção e reconsolidação da memória de medo.

Profa. Dra. Janaina Menezes Zanoveli

Estudo das alterações comportamentais e moleculares de psicopatologias associadas ao diabetes, bem como a busca pelo entendimento dos mecanismos fisiopatológicos e descobrimento de novos alvos de ação de fármacos.
Estudo neurobiologia da ansiedade: abordagem farmacológica, comportamental e neuroquímica.

Prof. Dr. Marcelo de Meira Santos Lima
Neurobiologia do sono. Estudo do papel do sistema dopaminérgico na regulação do sono. Estudo dos mecanismos de neuroproteção do sistema dopaminérgico em modelos animais da doença de Parkinson.

Profa. Dra. Maria Aparecida Barbato Frazão Vital
Doenças neurodegenerativas do sistema dopaminérgico: Discinesia Tardia e doença de Parkinson.

Prof. Dr. Roberto Andreatini
Psicobiologia da depressão e ansiedade.

Toxicologia


Professores:

Profa. Dra. Alexandra Acco
Trabalha com oncologia, metabolismo hepático e toxicologia hepática, investigando o envolvimento de estresse oxidativo em cada uma destas linhas. Estuda compostos químicos e naturais com atividade antitumoral e hepatoprotetora. Utiliza modelos de neoplasias (Tumor de Erhlich e Walker-256) como ferramentas para avaliar novas terapias antitumorais.

Prof. Dr. Anderson Joel Martino Andrade
Toxicologia Reprodutiva e do Desenvolvimento. Investigar em modelos animais a possível relação entre a exposição a agentes químicos durante fases críticas do desenvolvimento (pré-natal, neonatal, juvenil e/ou pubertal) e o surgimento de distúrbios reprodutivos, endócrinos e comportamentais.

Profa. Dra. Helena Cristina da Silva de Assis
Toxicologia Ambiental: Estudo interdisciplinar (etológico, bioquímico, farmacológico e toxicológico) do impacto causado por substâncias químicas em diferentes espécies animais.

Toxicologia aquática: Estudo dos efeitos tóxicos dos poluentes ambientais sobre os organismos aquáticos. Nesta área de concentração estudamos os efeitos subletais de inúmeros xenobióticos exercidos a nível de tecidos, sistemas e orgãos de organismos aquáticos.

Prof. Dr. Paulo Roberto Dalsenter
A Toxicologia Reprodutiva tem como objetivo investigar os possíveis efeitos adversos sobre o sistema reprodutor e órgãos que respondem a estímulos hormonais de animais modelos expostos durante as fases de gestação e/ou lactação, induzidos por substâncias (medicamentos, pesticidas, plantas medicinais e/ou tóxicas) com potencial de causar distúrbios no sistema endócrino.