Projetos

Através do rateio institucional na UFPR relativo ao Programa de Financiamento da Pós-Graduação – PROF e depois PROAP na CAPES, cabe ao PPGMNE anualmente perto de sessenta e cinco mil reais para investimentos e custeios. Esta verba tem sido utilizada para trazer participantes externos para as bancas, apoiar parcialmente a participação de docentes e discentes em eventos científicos com apresentação de trabalhos completos, aquisição de licenças de software e algum material permanente. Além dos recursos de bancada, são alocadas bolsas de demandas social pela CAPES para o mestrado e o doutorado.

O PPGMNE também utiliza os programas de cota de bolsas de mestrado do CNPq e da Fundação Araucária. Além disso, o programa conta com bolsas vinculadas a projetos com a COPEL/LACTEC e outros. Por parte dos pesquisadores docentes do programa, tem havido grande empenho no atendimento a chamada de projetos em editais (lançados pela CAPES, CNPq, Fundação Araucária, MCT, FINEP, Fundos Setoriais, ANEEL e da própria UFPR ) para obtenção de apoio financeiro. Nestes projetos sempre tem se buscado colocar pesquisadores docentes e discentes de pós-graduação e graduação.

Podem ser citados aqui alguns projetos realizados no âmbito do PPGMNE com apoio:

– AIEVC – Análise de incertezas e estimação de valores de controle para o sistema de monitoração geotécnico-estrutural na barragem de Itaipu. Este projeto foi aprovado no ano de 2005 e iniciado em 2006, envolvendo vários alunos de graduação e de mestrado e doutorado das várias linhas de pesquisa do programa;

– Desenvolvimento de Metodologia para Análise e Diagnóstico de Falhas Potenciais e funcionais em Equipamentos Isolados em Óleo Isolante e Equipamentos Imersos em Óleos Lubrificantes – com recursos da COPEL/LECTE e envolvendo dois alunos de Mestrado (com bolsa) e um de Doutorado, até o momento;

– Desenvolvimento de Algoritmos Matemáticos para a Otimização do Sistema de Distribuição de Energia Elétrica – com recursos COPEL e ANEEL e envolvimento de seis docentes, três alunos do PPGMNE e dois alunos de graduação;

– Projeto CAPES/DAAD/PROBRAL para o período 2007-2008 com a Universidade de Karlsruhe (com recursos da ordem de R$ 42 mil reais), oriundo das parcerias a partir do Projeto GECONS com recursos CAPES/DAAD-UNIBRAL no projeto de intercâmbio da UFPR com a Universidade de Karlsruhe na Alemanha com valor de R$120.000,00 anuais (bolsas, diárias e passagens) para o período 2003 a 2006;

– EEHOUSE – Ambiente lúdico para apoio a aprendizagem sobre eficiência energética em edificações – com recursos da Fundação Araucária em 2005 (R$20 mil) e FINEP (R$180 mil) para 2007-2008;

– Projeto TeleCAD5D com recursos do Edital Universal CNPq visando a integração de sistemas de telepresença e CAD/CAE – R$20.000,00 (biênio 2005-2007) e aprovada sua continuação em Edital Universal de 2007 com o projeto PVCPlus – R$80.000,00 (biênio 2008-2010);

– Projeto Mineração Visual de Dados Meteorológicos em desenvolvimento junto com o SIMEPAR (2007-2009);

– Projeto Pró-Equipamentos – PPGMNE com os programas de pós-graduação em Informática (PPGInf), Ciência e Gestão da Informação e Construção Civil (PPGCC), para apoio a instalação de laboratórios de ambientes virtuais e visualização (2008);

– Projeto Pró-Engenharias – Rede BIM-Brasil – Modelagem e representação de produto para projetos de engenharia de construção em múltiplas dimensões integração de sistemas. Parceria entre UFPR, USP, UFF e UFBA para o período 2008-2012, com cerca de 380 mil reais. Visa a formação de uma rede cooperada de programas de pós-graduação das IES envolvidas com a realização de estudos, pesquisa, ensino, disseminação e desenvolvimento de conceitos e tecnologias relacionas aos aspectos da integração e interoperabilidade de sistemas no setor da Construção Civil (AEC-FM). Sua abordagem é centrada na modelagem e representação multidimensional (CAD n-dimensional ou simplesmente CADnD) da informação no ciclo de vida das edificações e norteada pelos modelos de produto para edificações (BIM Building Information Modeling e IFC Industry Foundation Classes ou Information for Construction). Dentro do enfoque multidimensional busca-se a integração de sistemas de projeto (arquitetônico, estrutural, instalações) e planejamento (prazos e custos/orçamentação/compras) com análises de comportamento estrutural, térmico e acústico da edificação com uso de técnicas de visualização (de dados e científica) e de ambientes virtuais (de Realidade Virtual) colaborativos para projetos, desenvolvimento e manutenção (Facility Management) de empreendimentos, atendendo a todo o ciclo de vida do produto edificação.

– Projeto ENGENHARIA BIOMECÂNICA – MODELAGEM E CARACTERIZAÇÃO DE TECIDOS VIVOS submetido e aprovado pela Coordenação de Programas Especiais – CPE da CAPES – Edital Pró-Engenharias 01/2007 cujo objetivo é a implantação de uma rede de cooperação acadêmica envolvendo além do Programa de Pós-graduação em Métodos Numéricos em Engenharia da Universidade Federal do Paraná, os seguintes Programa de Pós-graduação em Engenharia de Estruturas, Escola de Engenharia da Universidade Federal de Minas Gerais, Programa de Pós-graduação em Engenharia Mecânica, Escola de Engenharia da Universidade Federal de Minas Gerais, Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil, Centro Técnico Científico da PUC-Rio, Programa de Pós- graduação em Engenharia Mecânica, Centro Técnico Científico da PUC-Rio, Programa de Pós-graduação em Métodos Numéricos, da Universidade Federal de Juiz de Fora, Programa de Pós-graduação em Engenharia Mecânica, Faculdade de Engenharia Mecânica da Universidade Federal de Uberlândia, Programa de Pós-graduação em Engenharia Mecânica, Faculdade de Engenharia Mecânica da Universidade Federal de Santa Catarina, , Departamento de Engenharia Civil, Universidade Federal de Roraima, Programa de Pós-graduação em Engenharia Mecânica da Faculdade de Engenharia da Universidade Estadual Paulista – Unesp – Campus de Bauru, Programa de Pós-graduação em Clínica Odontológica, Universidade Federal do Espírito Santo, programa esse financiado pela CAPES e com vigência de 26 de setembro de 2008 até 25 de setembro de 2013. No PPGMNE, o projeto está sob a coordenação da profa. Mildred Ballin Hecke.

– Projeto ESTUDO EXPERIMENTAL E MODELAGEM MATEMÁTICA E COMPUTACIONAL DO MECANISMO DE REMODELAÇÃO ÓSSEA
submetido e aprovado junto ao PROGRAMA CAPES-FCT – EDITAL – CGCI – N. 009/2008 envolvendo além do Programa de Pós-graduação em Métodos Numéricos em Engenharia da Universidade Federal do Paraná, os seguintes programas de pós-graduação brasileiras: PPGO – Programa de Pós-Graduação em Odontologia/ Universidade Estadual de Ponta Grossa, PPGO – Programa de Pós-Graduação em Odontologia/ Pontifícia Universidade Católica do Paraná e as seguintes Instituições Portuguesas: Departamento de Engenharia Mecânica / Universidade de Aveiro, Departamento de Engenharia Mecânica / Faculdade de Ciências e Tecnologia, /Universidade de Coimbra, Departamento de Medicina Dentária, Estomatologia e Cirurgia Maxilo-Facial / Faculdade de Medicina/Universidade de Coimbra e Faculdade de Medicina Dentária da Universidade do Porto. Esse programa está sendo financiado pela CAPES e tem vigência de março de 2009 até fevereiro de 2011 sob a coordenação brasileira da professora Mildred Ballin Hecke do PPGMNE da UFPr.