Histórico
À esquerda, capa do primeiro anteprojeto de criação do curso de Mestrado em Química, datado de 1977. À direita, capa do livro comemorativo dos 60 anos da criação, ocorrida em 1938, do curso de graduação em Química da UFPR.

À esquerda, capa do primeiro anteprojeto de criação do curso de Mestrado em Química, datado de 1977. À direita, capa do livro comemorativo dos 60 anos da criação, ocorrida em 1938, do curso de graduação em Química da UFPR.

 

CONTEXTO HISTÓRICO DA CRIAÇÃO DO PROGRAMA

O Mestrado em Química da UFPR foi autorizado a funcionar em 1991 pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) da Universidade Federal do Paraná (UFPR), tendo sido implantado efetivamente em 1992 com apenas duas áreas de concentração: Química Inorgânica e Química Orgânica. A recomendação pela CAPES ocorreu em 1995, após a defesa do primeiro conjunto de dissertações. Em março de 1999, na sua 60ª reunião, o Colegiado do Programa aprovou um projeto de expansão, baseado na criação dos novos cursos de Doutorado e de Mestrado Profissional, bem como na expansão das áreas de concentração do Mestrado Acadêmico para incluir a Química Analítica e a Físico-Química. Nesse novo formato, o Programa de Pós-graduação em Química da UFPR (doravante PPGQ/UFPR), foi autorizado a funcionar pelo CEPE/UFPR a partir de abril do mesmo ano. A Resolução número 46/99 do CEPE, de 16/04/1999, aprovou o elenco expandido de disciplinas do Programa.

EVOLUÇÃO DO CONCEITO (NOTA CAPES)

Em setembro de 1999, o Conselho Técnico-Científico (CTC) da CAPES recomendou o PPGQ/UFPR nos seus dois níveis: Mestrado (modalidades Acadêmico e Profissional) e Doutorado, ambos nas quatro áreas de concentração da Química: Química Inorgânica, Química Orgânica, Química Analítica e Físico-Química. Naquela ocasião, a avaliação de desempenho realizada pela Agência conferiu ao Programa a nota 4 que, no triênio subsequente (1998-2000), foi elevada para 5.

Na avaliação trienal 2001-2003, o CTC da CAPES determinou a queda da nota do PPGQ/UFPR de 5 para 4. Apesar do caráter desfavorável desta situação, o PPGQ/UFPR empreendeu, ao longo do triênio 2004-2006, um esforço significativo de reestruturação e crescimento, sempre pautado pelas recomendações da CAPES nos diversos documentos associados ao processo de avaliação continuada. Fruto deste esforço concentrado cujos resultados foram registrados no relatório final do referido triênio, o CTC reconduziu o PPGQ/UFPR à nota 5, que foi mantida por ocasião da avaliação trienal 2007-2009. Após o período 2010-2012, a CAPES conferiu ao Programa de Pós-graduação em Química da Universidade Federal do Paraná a nota 6. Esta evolução positiva veio consolidar os esforços despendidos pelos corpos docente e discente para melhorar a pesquisa e o ensino no nosso programa de pós-graduação.

Em 2017 o Programa celebrará 25 anos da sua implantação na UFPR.

logo-trienal-2013

Resultado da Avaliação Trienal 2013