O Programa

O Programa de Pós-Graduação stricto sensu em Turismo tem como missão ser reconhecido como referência em ensino de pós-graduação – mestrado acadêmico em turismo – no país. Possui corpo docente com formação de graduação com predominância na área de turismo, mas com mestrado e doutorado em áreas afins, o que caracteriza uma equipe multidisciplinar, em consonância às características da área de Turismo em que profissionais com diferentes formações atuam no desenvolvimento de estudos, projetos e pesquisas, assim como em atividades profissionais. A área de concentração Turismo e Desenvolvimento estimula pesquisa com vertente interdisciplinar, na qual requer identificação de problemáticas sistêmicas, bem como alternativas que apontam soluções para o desenvolvimento turístico sustentável.

A articulação entre ensino, pesquisa e extensão poderá ser vislumbrada em diferentes ações, quer na aplicação dos conhecimentos adquiridos nas disciplinas como suporte para o desenvolvimento de pesquisas, participação em projetos de pesquisa e de extensão que incluam ações conjuntas entre a comunidade interna e externa à universidade possibilitando a aplicação desses conhecimentos gerados na academia e no mercado. Com relação à articulação entre os níveis de pós-graduação e graduação a existência, conforme destacado nos itens posteriores, de projetos de pesquisa, estudos e trabalhos e os programas de extensão já desenvolvidos com a graduação atuarão como suporte para as ações da pós-graduação, uma vez que se conjetura a continuidade e complementação dessas atividades com a criação do programa.

Busca-se atender as reais necessidades da comunidade local, regional e nacional na área de turismo a partir da Área de Concentração “Turismo e Desenvolvimento” e de seu desdobramento nas duas Linhas de Pesquisa, “Turismo, Sociedade e Meio Ambiente” e “Organizações Turísticas Públicas e Privadas”. Complementarmente, há três Grupos de Pesquisa, cadastrados no CNPq, “Turismo e Sociedade”, “Ecossocioeconomia” e “Planejamento, Gestão e Controle do Turismo”, que refletem os projetos de pesquisa que vem sendo desenvolvidos bem como aqueles que se almeja seguir desenvolvendo, sempre dentro de uma perspectiva de diferenciação dos outros programas da área e uma expectativa de construção de um programa referência pela inovação em suas pesquisas, relações internacionais e inserção social, aspectos estes que são apostas permanentes tanto do DETUR quanto da UFPR. Quanto as atividades de ensino bem como sua articulação com a pesquisa, estão demonstradas na grade curricular proposta, o que representa diferenciação desta proposta de mestrado que une aspectos que relacionam a discussão / análise sobre atividade turística tanto desde a perspectiva da sustentabilidade quanto da importância da participação de todos grupo de atores sociais no desenvolvimento do turismo.

Cabe ressaltar que o Mestrado Acadêmico em Turismo da UFPR em 12/09/2012 teve sua implementação recomendada pela comissão da Área de Administração, Ciências Contábeis e Turismo da CAPES com conceito 3 nos seguintes termos: “Recomenda-se a implantação do curso face às adequadas e suficientes condições institucionais, infraestrutura, concepção da proposta, corpo docente e sua produtividade e maturidade”. O curso foi aprovado pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFPR (Resolução Nº 64/2012) em 23/11/12 e aprovado pelo Conselho Universitário da UFPR (Resolução Nº 33/12) em 13/12/12.