PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO
ENGENHARIA DE ALIMENTOS

Menu

Histórico e Contextualização

A UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

 

Fundada em 19 de dezembro de 1912, a UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ (UFPR) é a mais antiga Universidade do Brasil em funcionamento e sua história está intrinsecamente ligada ao desenvolvimento do Estado do Paraná e do Brasil.

 

A UFPR está presente em todas as regiões do estado através dos seus Campi: Curitiba (Multicampi), Matinhos (Campus Litoral), Pontal do Sul (Centro de Estudos do Mar), Palotina (Campus Palotina), Jandaia do Sul (Campus Jandaia do Sul). Além disso, conta com as Unidades Acadêmicas de Mirassol, de Maripá e de Toledo; com o Museu de Arqueologia e Etnologia de Paranaguá; com o Centro de Administração Federal (Paranaguá) e as Fazendas Experimentais em Pinhais, Bandeirantes, Castro, Paranavaí, Rio Negro e São João do Triunfo.

 

A pós-graduação da UFPR tem uma história de mais de 50 anos. A abertura do primeiro Programa de Pós-Graduação (PPG), em Bioquímica, ocorreu em 1965 e este é o programa mais antigo na área das Ciências Biológicas da CAPES. Na década de 80, o PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE ALIMENTOS (PPGEAL) surge como o primeiro PPG do Setor de Tecnologia ? setor que abriga os cursos de engenharia e arquitetura da UFPR. O PPGEAL foi criado em 1983 como PPG de Tecnologia Química.

 

Atualmente, a UFPR está entre as 5 (cinco) maiores Instituições Federais de Ensino Superior do país quando se considera o número de cursos de pós-graduação stricto sensu em atividade. A UFPR possui cursos em 47 (quarenta e sete) das 50 (cinquenta) áreas de conhecimento vigentes na CAPES, tornando-se, portanto, protagonista na formação de recursos humanos no país. A UFPR é a terceira instituição do sul do país que mais contribui para a formação de Mestres e Doutores e é responsável pela titulação de 40% de todos os doutores do estado do Paraná.

 

A UFPR conta com 91 (noventa e um) programas de pós-graduação stricto sensu, sendo 14 (quatorze) vinculados a redes nacionais ou estaduais. Dentre os 76 programas acadêmicos da UFPR, 64 (84%) ofertam formação de doutorado, o que revela sua destacada participação nas atividades de pesquisa e pós-graduação do país. A UFPR possui 10 (dez) PPGs de excelência: três programas com conceito 7 CAPES e sete programas com conceito 6, além de possuir 28 (vinte e oito) programas com conceito 5 (cinco) e 34 (trinta e quatro) programas com conceito 4. Estes indicadores refletem o compromisso institucional com a produção do conhecimento e com a formação de recursos humanos de alto nível.

 

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE ALIMENTOS (PPGEAL): UMA CONTEXTUALIZAÇÃO HISTÓRICA E UM OLHAR PARA O FUTURO.

 

O Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Alimentos (PPGEAL) – vinculado ao Departamento de Engenharia Química (DEQ) do Setor de Tecnologia e sob a gerência da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal do Paraná (UFPR) – foi IMPLANTADO em 1983 como Curso de Mestrado em Tecnologia Química e CREDENCIADO pela CAPES/MEC em 1993.

A CRIAÇÃO DO CURSO DE DOUTORADO ocorreu em 1999 e foi oficializado em 2002 pela CAPES/MEC. Àquela época o programa era nominado de “Programa de Pós-Graduação em Tecnologia de Alimentos (Mestrado e Doutorado)”.

 

Nos anos 2000 o programa experimentou mudanças no perfil do seu corpo docente em virtude de aposentadorias e contratações de novos docentes. Também nesta época, o programa começa a perceber a necessidade de ocupar outros espaços no desenvolvimento científico, tecnológico, social e econômico no estado do Paraná. Desta forma, em 2011 foi aprovada a alteração de denominação do programa de mestrado e doutorado para o atual: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE ALIMENTOS (PPGEAL/UFPR).

 

Devido a consolidação dos trabalhos da renovada comunidade docente e seus discentes, no ano de 2017 a CAPES avaliou e concedeu ao PPGEAL o CONCEITO 5. É oportuno destacar que esta nova conceituação coroou a mudança de paradigma implantado no programa em que as publicações de cunho regional foram gradativamente superadas pelas publicações em periódicos internacionais de alto impacto (revistas dos estratos A1 e A2 do QUALIS/CAPES). As melhoras qualitativas e quantitativas apresentadas na produção em pesquisas, formação de recursos humanos qualificado, interação com mercado e sociedade e internacionalização foram motivadores para a justa avaliação do PPGEAL no seu último quadriênio.

 

Neste momento, o PPGEAL compreende a importância que tem para a região e para o país e, por isto, devota muitos dos seus trabalhos ao estudo da aplicação racional e sustentável dos RECURSOS NATURAIS do estado do Paraná e de outros biomas do Brasil. Estes temas têm sido abordados nos últimos anos empregando métodos e técnicas alinhados com os mais rigorosos níveis de exigências impostos pelas revistas internacionais de alto impacto.

 

Deve-se ainda destacar que nesse mesmo período o PPGEAL elevou a QUALIFICAÇÃO DO SEU CORPO DOCENTE. São vários os docentes que realizaram estágio pós-doutoral no exterior e que apresentam estreita relação de cooperação com pesquisadores de instituições estrangeiras. Ainda nesse aspecto, o corpo docente do PPGEAL é composto na sua grande maioria (aproximadamente 77%) por BOLSISTAS em Pesquisa do CNPq.

 

O olhar do PPGEAL para o seu futuro revela novos desafios. A consolidação da sua participação internacional e a aproximação com o setor produtivo são dois eixos prioritários no seu planejamento. As ações nesses campos deverão se colocar ombro a ombro com a formação de recursos humanos em pesquisa em nível de excelência qualidade, com a manutenção do crescimento e da qualificação da sua produção científica e com a ampliação da sua presença junto à sua comunidade, aspectos esses que na última década foram prioritários para o PPGEAL. Por fim, o programa deverá devotar-se ao apoio institucional para que docentes recém credenciados ou em fase de consolidação tenham condições de se desenvolverem e se consolidarem em suas áreas de atuação.

 

Desta forma, o PPGEAL pretende se fazer cada mais forte e atuante na formação de pesquisadores e desenvolvimento do conhecimento, ocupando o seu papel no desenvolvimento econômico, social e cultura, tanto da sua região, quanto do país.

Disponibilizado via SIGA UFPR

Universidade Federal do Paraná
ENGENHARIA DE ALIMENTOS
Av. Francisco Heráclito dos Santos, 100
Centro Politécnico - Curitiba
Telefone: (41) 3361-3232
E-mail: posalim@ufpr.br

Universidade Federal do Paraná
ENGENHARIA DE ALIMENTOS
Av. Francisco Heráclito dos Santos, 100
Centro Politécnico - Curitiba
Telefone: (41) 3361-3232
E-mail: posalim@ufpr.br

Imagem logomarca da UFPR

©2022 - Universidade Federal do Paraná - ENGENHARIA DE ALIMENTOS

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação