PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO
ENGENHARIA DE ALIMENTOS

Menu

Infraestrutura

Laboratórios

O Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Alimentos da Universidade Federal do Paraná (PPGEAL/UFPR) está situado, desde a sua inauguração, no Centro Politécnico na cidade de Curitiba. A estrutura do PPGEAL é dividida em três prédios, sendo eles:

• Prédio da Engenharia Química (PEQ)
• Usinas Piloto A (Usina A)
• Usinas Piloto B (Usina B)

No PEQ se concentram a parte administrativa (secretarias e gabinetes docentes) do Departamento de Engenharia Química, bem como dos programas de pós-graduação a ele vinculados, dentre eles o PPGEAL. Neste prédio estão ainda as salas de aulas tanto da graduação quanto das pós-graduações. Essa configuração promove uma saudável interação entre os discentes (graduação e pós-graduação). O prédio ainda conta com dois auditórios de uso compartilhado entre a graduação e pós-graduação. Por fim, nesse prédio se encontram os laboratórios de informática para uso em atividades individuais, assim como em atividades didáticas para ambos os níveis (graduação e pós-graduação).
As Usinas A e B são estruturas que remontam ao final da década de 60, originalmente construídas para abrigar unidades pilotos de processamento do curso de graduação em Engenharia Química. Ao longo das últimas três décadas, estes espaços foram sendo convertidos em laboratórios de graduação, de pós-graduação e de grupos de pesquisa. São nesses dois prédios que estão hoje instalados os laboratórios multiusuários do PPGEAL e os laboratórios de pesquisa coordenados por docentes do PPGEAL.
Dessa forma, a estrutura funcional do PPGEAL está assim distribuída:

• Administrativa: Prédio da Engenharia Química
• Didática: Prédio da Engenharia Química
• Informática: Prédio da Engenharia Química
• Laboratórios: Usinas Piloto A e B

A estrutura física do PPGEAL está, portanto, bem consolidada e a disposição para atender todas as atividades a ele relacionadas. A seguir serão descritas em detalhes cada uma dessas estruturas e suas funcionalidades.

I. ESTRUTURA ADMINISTRATIVA

A estrutura administrativa do PPGEAL está disposta da seguinte forma:

1. Coordenação e Secretaria

A coordenação do PPGEAL está localizada no Prédio da Engenharia Química (PEQ) no piso térreo com área aproximada de 25 m2. A coordenação está equipada com toda infraestrutura necessária para a sua adequada atuação (telefone, armários, escrivaninha, mesa de reunião com capacidade para 20 pessoas, cadeiras e computadores com acesso à internet).
A secretaria do PPGEAL, anexa à coordenação, possui uma área de aproximadamente 20 m2 e está também equipada com toda estrutura necessária. Destaca-se que o técnico administrativo Rubens Cavilha de Souza atende exclusivamente a secretaria do PPGEAL.
Ambas as estruturas administrativas (Coordenação e Secretaria) estão estrategicamente localizadas próximas ao Departamento de Engenharia Química (DEQ), à coordenação do curso de graduação em Engenharia Química (CCEQ) e às coordenações de outros programas de pós-graduação ligados ao DEQ. Além disso, essa estrutura possui uma grande proximidade aos gabinetes dos docentes do PPGEAL.
A estrutura administrativa descrita foi consolidada a aproximadamente 10 (dez) anos. Isto representou um marco na atuação do PPGEAL, fomentando a maior interação entre os docentes do PPGEAL e do DEQ, com discentes de graduação e pós-graduação, assim como com outros programas de pós-graduação do DEQ.

2. Gabinete dos Docentes

Os docentes do PPGEAL contam com gabinetes localizados no piso térreo e no primeiro andar do PEQ. Os gabinetes são geralmente ocupados por dois docentes e equipados com telefone, computadores com acesso à internet, armários, gaveteiros, escrivaninhas e cadeiras.

3. Salas de Aula

O PPGEAL conta com uma sala de aula exclusiva com capacidade para 40 (quarenta) discentes. As salas são equipadas com mesas, cadeiras almofadas, quadro negro e projetor multimidia. Além disso, o PPGEAL tem a sua disposição as demais salas do PEQ.

4. Auditórios

O PPGEAL utiliza os 2 (dois) auditórios disponíveis no PEQ, cada uma com capacidade para até 120 (cento e vinte) pessoas. Os auditórios são equipados com mesas, poltronas prancheta, quadro iterativo, projetor multimidia e computador com acesso à internet, sendo que em um deles há ainda caixas de som.

5. Sala de Reuniões

No piso térreo do PEQ se encontra uma sala de reuniões para até 10 pessoas, disponível tanto para os docentes do PPGEAL, quanto para os demais docentes do DEQ. Esta sala está equipada com mesa, cadeiras, impressora multifuncional, projetor multimidia e TV de 60 polegadas.

II. LABORATÓRIOS

1. Laboratório Multiusuário do PPGEAL

RESPONSÁVEL: Coordenador do PPGEAL.
TÉCNICO RESPONSÁVEL: Marcelo Zadoreck.
DESCRIÇÃO: Este laboratório funciona como apoio para todos os discentes e docentes do PPGEAL. Tendo uma área de aproximadamente 150 m2, o laboratório é equipado com:

• Digestor-destilador Kjeldahl, micro e semimicroKjeldahl
• Microscópio eletrônico
• Espectrofotômetro UV-VIS
• Sonicador ultrassônico
• Balanças eletrônicas
• Bureta de pistão
• Condutivímetros
• Potenciômetros
• Polatímetro
• Refratrômetro
• Titrímetro
• Turbidímetro
• Muflas
• Estufas convencionais, B.O.D e com circulação de ar
• Capela de digestão
• Destilador e deionizador
• Freezer
• Congelador
• Aparelho de teste de jarros
• Bombas de vácuo
• Moinho de laboratório
• Ebulioscópio
• Conjunto para extração Soxhlet
• Evaporador rotativo
• Centrífugas
• Banho-maria
• Banho regulador termostático
• Vidrarias e materiais de uso geral em laboratório de análise de alimentos.

No ano de 2020, este laboratório passará por uma completa reestruturação de forma a criar ambientes que possibilitem a oferta de cursos de extensão, preparo de amostras, análises físico-químicas e montagem de unidades piloto.

2. Laboratório de Tecnologia de Alimentos

RESPONSÁVEL: Profa. Dra. Maria Lúcia Masson.
TÉCNICO RESPONSÁVEL: Wanderlei do Amaral.
DESCRIÇÃO: O laboratório visa apoiar discentes e docentes do PPGEAL, sendo que para isso conta com um técnico dedicado exclusivamente ao seu funcionamento. O laboratório é equipado com unidades piloto, tais como:

• Secador atomizador spray
• Concentrador extrato a vácuo
• Secador com circulação de ar
• Recravadeira
• Separador de cereais
• Descascador abrasivo
• Moinho martelo
• Estufa e forno de panificação
• Filtro prensa
• Fermentadores em inox.

Além destes, o laboratório dispõe dos seguintes equipamentos de bancada:

• Aparelho determinador de umidade com dessecador infravermelho
• Filtro
• Congelador
• Torrefadeira
• Banho regulador termostático
• Autoclave com aquecimento elétrico
• Dornas de aço inoxidável
• Conjunto destilador
• Sistema de fermentação acética
• Multiprocessador de alimentos
• Câmara climatizadora
• Embutideira para carnes
• Forno elétrico
• Máquina empacotadora automática para embalagem a vácuo
• Moinho coloidal
• Moedor de alimentos
• Prensa e desnatadeira
• Estufa microprocessada de cultura e bacteriologia
• Liquidificadores profissionais
• Embutideira manual
• Laminadora de massa
• Fatiadeira
• Emulgador
• Centrífuga de cesto
• Pasteurizador de película
• Triturador de facas
• Drageador
• pHmetro portátil
• Refratômetro
• Medidores de atividade de água
• Colorímetro HunterLab
• Capela de fluxo laminar
• Destilador de água
• Rotavapor
• Texturômetro
• Viscosímetros rotativo analógico, capilar e rotativo digital.

3. Central Analítica Multiusuária das Usinas Piloto (CAMUP)

RESPONSÁVEL: Prof. Dr. Marcos Mafra
TÉCNICOS RESPONSÁVEIS: Andrea Briones Gonçalves Bonassoli, Patricia Kanczewski Iwankiw e Rafael Natan Soek.

DESCRIÇÃO: Este laboratório representa um importante marco na reestruturação do PPGEAL. Constituído há aproximadamente 10 (dez) anos, o laboratório é dedicado a concentrar as técnicas analíticas mais avançadas disponíveis. Atualmente se encontram instalados e em plena operação os seguintes equipamentos:

• Sistema UPLC com DAD/IR/Fluorescência
• Cromatógrafo a gás com detector de captura de elétrons e de ionização de chama
• Cromatógrafo líquido- UV-Vis;
• Calorímetro Exploratório Diferencial – DSC
• Analisador termogravimétrico – TGA
• Calorímetro de Titulação Isotérmico – ITC

Os discentes do PPGEAL têm sido capacitados nestas técnicas por meio de disciplinas como “EALI 7000 – Análise de Alimentos”, “EALI 7002 – Análises Térmicas de Alimentos”. Como resultado da criação deste laboratório; foi observado ao longo dos anos um incremento na quantidade e qualidade das publicações científicas do PPGEAL.

4. Laboratórios do Centro de Pesquisa de Processamento de Alimentos (CEPPA)

RESPONSÁVEIS: Profa. Dra. Maria Lúcia Masson e Profa. Dra. Franciny Campos Schmidt.
TÉCNICO RESPONSÁVEL: Wanderlei do Amaral.

DESCRIÇÃO: Laboratório de apoio aos discentes e docentes do PPGEAL. O laboratório, de aproximadamente 200 m2, está dividido nas seguintes áreas:

• Área para realização de análise físico-química de alimentos: Dispõe de banho-maria para seis provas, balanças-eletrônicas, equipamento para determinação de proteínas e para determinação de gordura, aparelho extrator de fibras para seis provas, balanças, conjunto de destiladores, deionizador, estufas, fornos mufla e conjuntos de digestão e destiladores Kjeldahl.

• Área de Microbiologia de Alimentos: Dispõe de estufas incubadoras com temperatura controlada, contador de colônias, microscópios, autoclaves, balanças eletrônicas, refrigeradores, homogeneizador de amostras Stomacher, estufa de cultura bacteriológica, homogeneizador para tubos, lâmpadas germicidas e forno micro-ondas.

• Área de Análise Instrumental: Equipada com cromatógrafo a gás com detector de captura de elétrons e de ionização de chama, espectrofotômetro UV-VIS acoplado com computador, cromatógrafo líquido com detector ultravioleta, balanças, aparelho para determinação de ponto de fusão, estufas, viscosímetro, polarímetro, ICP para emissão atômica, banho-maria Kuderna, aquecedores elétricos, conjunto extrator Soxhlet, bomba de vácuo e refrigerador, liofilizador.

• Área de Processo: Equipada com o módulo de impregnação e resfriamento à vácuo, módulo de secagem por liofilização com aquisição on-line da variação da massa, câmaras e bomba à vácuo, estufas, banhos com controle de vazão e temperatura e balanças.

5. Laboratório de Análise Sensorial

RESPONSÁVEL: Profa. Dra. Maria Lúcia Masson.

DESCRIÇÃO: Laboratório com cabines para degustação com iluminação apropriada, além de uma cozinha experimental equipada com aparelhos industriais.

A seguir serão listados os demais laboratórios vinculados ao PPGEAL.

6. Laboratório de Reologia e Emulsões (EMULTEC)

RESPONSÁVEIS: Prof. Dr. Vitor Renan da Silva e Profa. Dra. Agnes de Paula Scheer.
TÉCNICA RESPONSÁVEL: Sheila Mariana Bortoli Slobodzian.

DESCRIÇÃO: Os principais equipamentos disponibilizados por este laboratório são: viscosímetro Brookfield, reômetro Brokfield, microscópio invertido, tensiômetro Kruss, agitadores, estufas, condutivímetro e pHmetro.

7. Laboratório de Processos de Separação

RESPONSÁVEIS: Prof. Dr. Vitor Renan da Silva e Profa. Dra. Agnes de Paula Scheer
TÉCNICA RESPONSÁVEL: Sheila Mariana BortoliSlobodzian

DESCRIÇÃO: Este laboratório dispõe de uma planta piloto de microfiltração em membrana cerâmica, sistema de micro e ultrafiltração fibras poliméricas, sistema de pervaporação, forno de microondas para extração de óleos, centrífuga industrial, agitador tipo moinho coloidal e liofilizador.

8. Laboratório de Termodinâmica e Operações de Separação (LATOS)

RESPONSÁVEL: Prof. Dr. Marcos R. Mafra e Profa. Dra. Luciana Igarashi Mafra
TÉCNICA RESPONSÁVEL: Danielle Wisniewski Zelinski.

DESCRIÇÃO: O LATOS dispõe de conjuntos de células de equilíbrio líquido-líquido com controle de temperatura, módulo de extração utilizando ultrassom, módulo de extração utilizando rotoevaporador, incubadoras com controle de temperatura e agitação, espectrofotômetro UV-VIS, balança analítica e semianalítica, módulo de adsorção acoplado a amostrador automática, conjunto de termômetros de referência, agitadores mecânicos e magnéticos, condutivímetro, banhos ultratermostáticos, pHmetro, bomba de vácuo, agitador de tubos, conjunto de osmose reversa e equipamentos para produção de água do tipo I e II.

9. Laboratório de Catálise e Termodinâmica Aplicada (LACTA)

RESPONSÁVEL: Prof. Dr. Marcos L. Corazza
TÉCNICA RESPONSÁVEL: Aline Andreza da Cruz Lima.

DESCRIÇÃO: Este laboratório abriga unidades de equilíbrio de alta pressão e baixa pressão e unidades de extração a altas pressões. Estas são equipadas com bombas de alta precisão e controladores. Além disto, o LACTA dispões de bombas de vácuo, agitador magnético, balanças analíticas, estufas, banhos termostáticos, destilador de água, vidrarias em geral.

10. Laboratório de Catálise e Processos Químicos (LCPQ)

RESPONSÁVEL: Profa. Dra. Tirzhá Lins Porto Dantas

DESCRIÇÃO: O LCPQ dispõe de balanças analíticas, pHmetros de bancada, estufa com circulação, shakers, espectrofotômetro UV-Vis com célula cinética, equipamento ozonizador (produção de ozônio pelo efeito corona) com controle de fluxo, módulo de reação em escala piloto, módulo para avaliação de toxicidade de efluentes, reator para digestão de DQO e incubadoras com controle de agitação e temperatura.

11. Laboratório de Engenharia Bioquímica e de Biotecnologia (LENGEBIO)

RESPONSÁVEL: Profa. Dra. Michele Rigon Spier.

DESCRIÇÃO: O LENGEBIO dispõe de câmara asséptica, autoclave, microscópio óptico, centrífuga, espectrofotômetro, banhos termostatizados, agitadores, sonicador (ultrassom), banho ultrassônico, desruptor celular, estufas microbiológicas, e incubadora do tipo B.O.D com fotoperíodo além de incubadora orbital com controle de temperatura.

12. Laboratório de Engenharia, Inovação e Otimização de Produtos e Processos

COORDENADORES: Profa. Dra. Regina Maria Matos Jorge e Prof. Dr. Álvaro Mathias.

DESCRIÇÃO: O laboratório dispõe de módulo de osmose reversa, módulo para acompanhamento da hidratação de grãos, módulo de germinação, estufas, banhos-maria de diferentes tamanhos, agitadores magnético, balança analítica, bomba a vácuo, centrífuga, chapa de aquecimento, colorímetro, forno industrial, incubadora B.O.D, pHmetro e refratômetro.

13. Laboratório de Biotecnologia

COORDENADOR: Prof. Dr. Charles Windson Isidoro Haminiuk

DESCRIÇÃO: Este laboratório está localizado na Universidade Tecnológica Federal do Paraná em Curitiba. O laboratório dispõe de agitadores magnéticos e de tubos, bomba de vácuo, moto-bomba submersa, deionizador, pHmetro de bancada, microscópios ópticos marca Zeiss, refrigerador, forno de micro-ondas, estufa bacteriológica, chapa de aquecimento, centrífuga de bancada, compressor de ar, incubadoras tipo Shaker, aerador, sistema de eletroforese, espectrofotômetro UV-Vis, balança semi-analítica e sistema de purificação de água por Osmose Reversa,

14. Laboratório de Análise em Compostos Bioativos

COORDENADORA: Profa. Dra. Rosemary Hoffman Ribani

DESCRIÇÃO: O laboratório dispõe de Espectrofotômetro UV-Vis, cromatógrafo líquido isocrático com detector UV, espectrômetro de Infravermelho, balanças analíticas, capela para exaustão de gases, banho ultrasônico, extratores de Soxhlet e sistema de aquecimento/condensadores, refrigerador, centrífuga e moinho de facas com refrigeração.

15. Outros Laboratórios da UFPR

O PPGEAL ainda dispõe da colaboração do Departamento de Engenharia Química, do Programa de Pós-graduação em Engenharia Química e do Programa de Meio Ambiente Urbano e Industrial que permitem o acesso e a utilização das suas instalações e laboratórios.
Além dos laboratórios diretamente vinculados ao PPGEAL, conta-se ainda com o apoio de todos laboratórios multiusuários da UFPR e da Oficina Mecânica do Departamento de Engenharia Química.

• Oficina Mecânica (DEQ/UFPR). A oficina está equipada com torno mecânico, bancada, furadeira, guilhotina, serrafita, aparelho de solda com carbureto, talhadeira, dobrador de folhas, máquina de solda elétrica e outros equipamentos de uso geral em oficina mecânica.

• Centro de Microscopia Eletrônica da UFPR. Maiores detalhes no sítio eletrônico: www.bio.ufpr.br/me;

• Laboratório de Rochas e Minerais (LAMIR/UFPR). Maiores detalhes no sítio eletrônico: www.lamir.ufpr.br;

• Laboratório de Análise de Combustíveis Automotivos da UFPR (LACAUT). Maiores detalhes no sítio eletrônico: www.lacaut.ufpr.br;

• Laboratório Multiusuário de Espectrometria de Massas da Química/UFPR. Maiores detalhes no sítio eletrônico: http://www.prppg.ufpr.br/ppgquimica/laboratorio-de-espectrometria-de-massas/;

• Oficina de hialotecnia. Maiores detalhes no sítio eletrônico: http://www.prppg.ufpr.br/ppgquimica/oficina-de-hialotecnia/;

• Liquefatora de nitrogênio. Mmaiores detalhes no sítio eletrônico: http://www.prppg.ufpr.br/ppgquimica/liquefatora-de-nitrogenio/;

• Laboratório Multiusuário de Ressonância Paramagnética Eletrônica da UFPR. Maiores detalhes no sítio eletrônico: http://www.prppg.ufpr.br/ppgquimica/laboratorio-multiusuario-de-ressonancia-paramagnetica-eletronica-da-ufpr-labepr/;

• Laboratório de Difratometria de Raios X de Monocristal. Maiores detalhes no sítio eletrônico: http://www.prppg.ufpr.br/ppgquimica/laboratorio-de-difratometria-de-raios-x-de-monocristal-labdrxm/

• Laboratório de Difratometria de Raios X de Pó e Microscopia Raman. Maiores detalhes no sítio eletrônico: http://www.prppg.ufpr.br/ppgquimica/laboratorio-de-difratometria-de-raios-x-de-po-e-microscopia-raman/;

• Laboratório de Espectroscopia de Absorção no Infravermelho. Maiores detalhes no sítio eletrônico: http://www.prppg.ufpr.br/ppgquimica/laboratorio-de-espectroscopia-de-absorcao-no-infravermelho/;

• Laboratório de Espectrometria de Absorção Atômica e de Análises Ambientais. Maiores detalhes no sítio eletrônico: http://www.prppg.ufpr.br/ppgquimica/laboratorio-de-espectrometria-de-absorcao-atomica-e-de-analises-ambientais/;

• Laboratório Multiusuário de Equipamentos de Pequeno e Médio Portes. Maiores detalhes no sítio eletrônico: http://www.prppg.ufpr.br/ppgquimica/laboratorio-multiusuario-de-equipamentos-de-pequeno-e-medio-portes/;

• Núcleo de Pesquisas e Desenvolvimento e Soluções em Escala de Engenharia (NPDEAS).

16. Laboratórios fora da UFPR

Por fim, registra-se a cooperação com outras universidades e empresas:

• Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA)
• Universidade de Campinas (UNICAMP)
• Universidade Estadual Paulista – campus Araraquara
• Universidade Estadual de Londrina
• Universidade Estadual de Maringá
• Universidade Estadual de Ponta Grossa
• Universidade Tecnológica Federal do Paraná
• Granotec/Granolab
• Instituto Biolink
• Embrapa Florestas
• Embrapa Suínos e Aves.

III. OUTRAS INFORMAÇÕES

O PPGEAL tem procurado melhorar sua infraestrutura por meio da participação em editais de agências de fomento e da própria instituição. No ano de 2019, por meio de editais da UFPR, realizou a manutenção preventiva do UPLC e do DSC. Além disso, o PPGEAL tem fomentado o desenvolvimento dos trabalhos por meio da aquisição de produtos químicos e materiais diversos.

O PPGEAL dispõe ainda dos seguintes espaços físicos:

1. Área de Estudo

Os discentes possuem uma área de estudo, localizada na Usina Piloto A, de aproximadamente 120 m2. Essa sala está equipada com internet wi-fi, mesas, cadeiras e armários. Além desta sala, todos os laboratórios de pesquisa possuem salas de estudos para os discentes.

2. Área de Convívio

Os docentes dispõem de uma cozinha comunitária no Bloco da Engenharia Química equipada com mesa, cadeiras, armário, refrigerador, fogão, micro-ondas e máquina de café expresso.
Os discentes do PPGEAL possuem uma cozinha comunitária, localizada na Usina Piloto A. A cozinha está equipada com sofá, mesa, cadeiras, geladeira, fogão e suporte para água mineral.

Recursos de Informática

A Agência de Tecnologia da Informação e Comunicação (AGTIC) da UFPR, antigo Centro de Computação Eletrônica (CCE) da UFPR, é o setor responsável pelos serviços de Tecnologia da Informação do PPGEAL. A AGTIC disponibilizou para a comunidade científica os seguintes itens:

• Pacote Office 365 (Outlook, OneDrive, OneNote, Teams, Planner, Shareoint, Skype for Business, Excel, Word, PowerPoint, Forms, Stream, Delve, Quadro de Comunicações, To-Do, Sway, Yammer, Kaizala), com o respectivo treinamento dos aplicativos

• Acesso remoto via VPN (Virtual Private Network)

• Acesso à internet por meio de rede cabeada e rede sem fio (projeto UFPR sem fio) integrada à rede EDUROAM.

• Fornecimento de impressora à laser com scanner, suporte técnico para instalação, manutenção e substituição de suprimentos.

• Acesso remoto ao Portal de Periódicos da Capes

O PPGEAL utiliza uma plataforma de software para gerir suas atividades de ensino, pesquisa e produção científica desenvolvida pela própria UFPR, denominada Sistema Integrado de Gestão Acadêmica da Pós-Graduação da UFPR (SIGAUFPR©). O SIGAUFPR© disponibiliza uma plataforma convergente capaz de integrar todos os dados e atividades de ensino, pesquisa e desenvolvimento da pós-graduação em um único sistema de gestão que dialoga com outras plataformas institucionais como o Lattes / DGP CNPq e Receita Federal e, no âmbito estadual, a Fundação Araucária.
O SIGAUFPR© foi desenvolvido em plataforma de software livre e está organizado em sete eixos estruturantes das atividades institucionais, permitindo traçar um histórico de ações que envolvem cada unidade: pessoas, cursos, disciplinas, projetos, infraestrutura, produção intelectual e gestão.
Ao combinar estes eixos, o sistema produz informações rastreáveis e auditáveis de forma rápida e eficiente, convergente e integrada. Dessa forma a plataforma permite acompanhar a vida acadêmica do discente desde sua submissão como candidato ao processo seletivo até sua titulação, passando por todas as fases de atividades em ensino e pesquisa, qualificação, orientação, produção científica e defesa. Através do portal do egresso, o sistema mantém o acompanhamento do aluno egresso por até cinco anos, incluindo todas as ações necessárias para o efetivo registro e emissão do respectivo diploma.
As principais facilidades e funções do SIGA são acessadas conforme o perfil de cada usuário, com interface específica desenhada de acordo com as necessidades específicas.

• PORTAL DA COORDENAÇÃO/SECRETARIA DE PPG: Permite o cadastro do programa/cursos com todos os elementos previstos na Plataforma Sucupira; ajuste curricular; atividades de pesquisa integradas com DPG/CNPq e Banco de Pesquisa da UFPR; produção científica integrada com Lattes/CNPq para aproveitamento de todos os metadados; abertura de processo seletivo com todas as etapas geridas por comissão específica; matrícula automática de alunos aprovados; oferta de turmas de disciplinas por períodos; docência; orientação; atividades extracurriculares; aproveitamento e equivalência de disciplinas e atividades acadêmicas e científicas; geração pelo SIGA de todos os documentos institucionais como declarações, certificados, históricos, ofícios, convites, dentre outros, todos em formato digital e com assinatura eletrônica.

• PORTAL DO DOCENTE/PESQUISADOR: Responsável pelo cadastro funcional, acadêmico e científico do professor, integrado com cadastro funcional da UFPR e SIAPE; integração de dados para progressão funcional; acompanhamento de projetos de pesquisa integrado com DGP/CNPq e Lattes/CNPq; docência; orientação; plataforma SIGA-Moodle integrada para apoio as atividades de ensino, com operação automática pelo SIGA; emissão de documentos institucionais com assinatura eletrônica; abertura de processos internos; submissão de propostas para o Marco Legal da C&T em todas as atividades previstas em lei; facilidades de contato e interação com alunos e equipes de projetos; instrução de qualificação e defesa de orientandos.

• PORTAL DO ALUNO: Nele são realizados os cadastros acadêmico e científico integrados com Lattes/CNPq; matrícula em disciplinas; integralização de créditos; controle e gestão de atividades extracurriculares e aproveitamentos/equivalências; atividades de pesquisa; produção científica; acesso a plataforma SIGA-Moodle; emissão de documentos institucionais como declaração de matrícula, histórico escolar, participação em eventos; instrução do processo de defesa. Este portal também está disponível para alunos externos que tenham atividades de ensino no PPGEAL.

• PORTAL DO ALUNO EGRESSO: Realiza o envio de trabalho de conclusão, depósito na biblioteca e acompanhamento de registro e emissão de diploma; integrado com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – CAGED do Ministério do Trabalho e Emprego e com a plataforma Lattes/CNPq permite acompanhar o egresso por cinco anos obtendo dados capazes de identificar o perfil do egresso quanto a empregabilidade, área de atuação e produção científica; emissão de documentos institucionais e obtenção de segunda via, com assinatura eletrônica.

• PORTAL DE INDICADORES DA PÓS-GRADUAÇÃO: Permite acesso a um conjunto de indicadores referentes a Programas/cursos, Discentes, Disciplinas, Docentes, Produções, Produções x Orientações. Esse portal de gerenciamento permite gerar os mais diversos dados sobre a instituição: perfil dos discentes, índices de qualificação do corpo docente, trâmite de processos, registros de diplomas, evasão e sucesso de estudantes, projetos e pesquisas. É possível ainda que a iniciativa privada tenha informações sobre áreas de pesquisa com as quais podem realizar parcerias e deixa mais transparente os dados sobre bolsas e execução de recursos na Pós. É possível que qualquer cidadão identifique os beneficiários, a agência de fomento e valores pagos das bolsas na UFPR.

A coordenação tem investido constantemente na aquisição de microcomputadores para os equipamentos (HPLC, UPLC, CG, espectrofotômetro, viscosímetro, tensiômetro, microscópio invertido, DSC, TGA e ITC) e para uso dos discentes e docentes.
Todos os laboratórios de pesquisa possuem salas de estudos e os discentes possuem computador exclusivo para uso no seu projeto de pesquisa. Além disso, o Programa possui a disposição a sala de microcomputadores localizada no primeiro andar do prédio da Engenharia Química. Esta sala possui computadores com configuração atualizada e softwares necessários para o desenvolvimento de suas teses e dissertações. É importante salientar que, apesar de termos muitos softwares licenciados, se tem fomentando o uso de softwares livres.
O PPGEAL também disponibiliza impressora com scanner, máquina de xerox, câmera fotográfica e projetor multimídia para uso dos docentes e discentes.

Biblioteca

A Biblioteca de Ciência de Tecnologia (BCT) é uma das 15 bibliotecas integrantes do Sistema de Bibliotecas (SIBI) da Universidade Federal do Paraná. A BCT atende a alunos, funcionários e docentes dos cursos de graduação e pós-graduação em nível de especialização, mestrado e doutorado dos cursos de ofertados pelos setores de Tecnologia, Ciências da Terra e de Ciências Exatas.

I)ESPAÇO FÍSICO

Situada no Campus do Centro Politécnico da UFPR, ocupa aproximadamente 3.000 m2, distribuídos em 3 pavimentos.
A biblioteca possui salas de estudos, cabines individuais para estudos, laboratório de informática, sala de videoconferência, elevador de passageiros e banheiros. A acessibilidade está garantida em todos estes ambientes.

II) ACERVO

O acervo da BCT é constituído de livros, e-books, folhetos, VHS, DVD, CDROM, mapas, periódicos, base de dados, monografias de especialização, dissertações e teses.
A consulta ao acervo das bibliotecas do SiBi está disponível no catálogo online através do Portal da Informação do SiBi nos endereços eletrônicoswww.portal.ufpr.br ou acervo.ufpr.br. Dispõe também do Repositório Digital Institucional que inclui a Biblioteca Digital de Teses e Dissertações (BDTD) com textos integrais a partir de 2004; Biblioteca Digital de Imagem e Som da produção audiovisual da UFPRTV; Biblioteca Digital de Periódicos da UFPR; Biblioteca Digital de Especialização, Biblioteca Digital de Graduação; Biblioteca Digital de Eventos Científicos e Bases de Dados Científicos da UFPR.
A biblioteca disponibiliza poucos materiais em braile; contudo, salienta-se que os estudantes com deficiência visual obtêm as informações através de tecnologias assistivas (leitores autônomos) que possibilita a transformação do conteúdo impresso em sonoro garantindo, assim, o acesso à informação.
As teses e dissertações que podem gerar patentes têm seu conteúdo digital disponibilizado após a autorização pelos autores, como requer a legislação relativa à propriedade intelectual. Na UFPR, o apoio ao depósito e ao registro de patentes é feito pelo núcleo de Propriedade Intelectual (NPI) vinculado à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação.
Todas as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT)encontram-se disponibilizadas para consulta na rede interna de computadores da UFPR, através de liberação de senhas.
Além das Bases de Dados disponibilizadas via Portal da Capes, são disponibilizadas Bases de Dados de acesso restrito, ou seja, assinadas pela Universidade.
O acervo do SIBI e da BCT é apresentado a seguir:

SISTEMA DE BIBLIOTECAS (SIBI)

• Exemplares de livros: 543.226
• Títulos de livros: 299.711
• Fascículos de periódicos: 731.126
• Títulos de periódicos: 10.881

BIBLIOTECA DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA (BCT)

• Exemplares de livros: 77.855
• Títulos de livros: 42.135
• Fascículos de periódicos: 202.370
• Títulos de periódicos: 2.361

III. INFORMATIZAÇÃO

O software de informatização do SiBi é o Sophia (Prima Informática) que permite o gerenciamento dos seguintes serviços:

• Consulta ao catálogo, através do endereço Portal da Informação.
• Catalogação: participação em redes e programas cooperativos (Marc 21 e Protocolo Z39.50) que permitem o compartilhamento das obras com instituições nacionais e internacionais).
• Controle de periódicos.
• Empréstimo de materiais.
• Empréstimo e controle de chaves de guarda volumes.
• Empréstimo e controle de chaves de salas de estudo.
• Renovação e reserva on-line.

IV. POLÍTICA DE EXPANSÃO

A expansão e manutenção do acervo bibliográfico ocorre mediante 3 (três) modalidades de aquisição: compra, doação e permuta. Na compra; o SiBi atualiza o seu acervo de acordo com recursos orçamentários da União e através de recursos financeiros provenientes de projetos e convênios.
O intercâmbio de publicações cumpre papel essencial no desenvolvimento do acervo pois, em algumas áreas, as coleções crescem mais em função de doação e permuta.

V. SERVIÇOS

• Consulta local;
• Circulação de materiais (empréstimo domiciliar, renovação e reserva online);
• Empréstimo entre bibliotecas de outras instituições e entre bibliotecas do SiBi (os materiais disponíveis nas bibliotecas do SiBi em outros municípios podem ser solicitados via malote);
• Comutação bibliográfica (serviço que proporciona o acesso à documentos de todas as áreas do conhecimento, disponíveis nos acervos das principais bibliotecas brasileiras e do exterior, mediante solicitação on-line);
• Empréstimo da sala multimídia para eventos, treinamentos, defesas de TCC, dissertações e teses;
• Disponibilização de computadores para acesso às bases de dados como também para produção de trabalhos acadêmicos;
• Laboratório de acessibilidade com equipamentos específicos para uso de pessoas com deficiência;
• Empréstimo de salas de estudo em grupo;
• Disponibilização de cabines individuais;
• Empréstimo de guarda volumes;
• Internet Wi-fi;
• Orientação na pesquisa bibliográfica em bases de dados online;
• Orientação na normalização de trabalhos acadêmicos de acordo com as normas editadas pela UFPR (Manual de normalização de documentos científicos), cuja base é a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT);
• Catalogação na fonte (elaboração de fichas catalográficas destinadas às dissertações e teses produzidas pelos Programas de Pós-graduação da UFPR);
• Treinamento, visitas orientadas e palestras sobre o uso da biblioteca e seus serviços;
• Capacitação de usuários para normalização de trabalhos acadêmicos;
• Aplicativo para celulares (Sophia Biblioteca) – em que os usuários podem acessar o catálogo on-line das bibliotecas da UFPR, fazer ou cancelar reservas de materiais, renovar empréstimos, acessar publicações eletrônicas, verificar novas aquisições, obter informações das bibliotecas;
• Canais informativos nas principais redes sociais, com a divulgação de informações, notícias e agendas de cursos.

Outras Informações

O apoio da UFPR, com a contrapartida institucional por meio da cessão de pessoal docente, técnico de laboratório e técnico-administrativo, de recursos físicos e institucionais gerais tem sido de grande relevância. Atualmente o PPGEAL possui 3 (três) funcionários do quadro permanente da UFPR: 1 (um) secretário e 2 (dois) técnicos de laboratório. Além disso; atendendo exclusivamente aos laboratórios vinculados ao PPGEAL, se tem mais 5 (cinco) técnicos de laboratório do quadro permanente da UFPR, sendo dois cedidos pelo DEQ e três cedidos pelas Usinas Piloto.
O apoio dos projetos institucionais da UFPR – como o Fundo de Desenvolvimento Acadêmico (FDA), Apoio à Manutenção de Equipamentos Multiusuários, Pró-Equipamentos e Apoio a Atividades de Pesquisa – possibilitam a melhoria da infraestrutura e aquisição ou manutenção dos equipamentos de pesquisa.
Desde 2018, a UFPR publicada periodicamente Editais de Apoio aos Pesquisadores, por meio de recursos próprios, em diversas frentes: manutenção de equipamentos de pesquisa; publicações científicas de alto impacto; realização de workshops de pesquisa; apoio à atividades de pesquisa e apoio à participação em eventos científicos – além de serviços de apoio à tradução de publicação científica.
O PPGEAL também conta com os recursos oriundos de taxas de bancada de bolsas CAPES pelo qual adquiri materiais de consumo para a manutenção dos laboratórios multiusuário do PPGEAL e para os projetos de pesquisa dos discentes de mestrado e doutorado. Além disso, os docentes envidaram esforços na busca por recursos provenientes de agências de fomento bem como de empresas privadas para o desenvolvimento de suas pesquisas, além de utilizarem recursos próprios quando necessário.
Na sequência são listados os projetos de pesquisa e o respectivo responsável, serviços e bolsas com financiamento.

1. Profa. Agnes de Paula Scheer. “Recuperação de compostos por separação utilizando membranas”. CNPq. Bolsa Pesquisador. Processo número: 305630/2018 Valor: R$ 39.600,00

2. Prof. Charles Windson Isidoro Haminiuk. “Biossorção de compostos bioativos de extratos vegetais em levedura”. CNPq. Bolsa Pesquisador. Processo número 304978/2016-7. Valor R$ 39.600,00

3. Prof. Charles Windson Isidoro Haminiuk. “Compostos bioativos do bagaço de uva: extração, caracterização e aplicação tecnológica”. Fundação Araucária. Chamada 384/2014. Valor R$ 24.201,00

4. Profa. Luciana Igarashi Mafra. “Remoção e Concentração de Parabenos Utilizando Sistema de Duas Fases Aquosas”. CNPq. Bolsa Pesquisador. Processo número 308517/2018-0. Valor R$ 39.600,00

5. Prof. Marcos Lúcio Corazza. “Engenharia de Equilíbrio de Fases e de Processos Aplicados à Utilização de Recursos Renováveis”. CNPq. Bolsa Pesquisador. Valor R$ 39.600,00

6. Prof. Marcos R. Mafra. “Solventes eutéticos profundos (DES): Fundamentos termodinâmicos e extração de biomoléculas”. CNPq. Bolsa Pesquisador. Processo número310182/2018-2. Valor R$ 39.600,00

7. Prof. Marcos R. Mafra. “Manutenção Preventiva e Corretiva do Analisador Termogravimétrico presente na Central Analítica Multiusuária das Usinas Piloto”. PRPPG/UFPR – Edital 05/2019: Solicitação de Apoio à Manutenção de Equipamentos Multiusuário. Valor R$ 10.226,97

8. Profa. Maria Lúcia Masson. “Estudo do Potencial Antioxidante e Propriedades Termodinâmicas do Ácido Lactobiônico”. CNPq. Bolsa Pesquisador. Processo número 310749/2016-6. Valor R$ 39.600,00

9. Profa. Maria Lúcia Masson. “Determinação do Perfil Sensorial de Concentrado para Bebidas não alcoólicas”, empresa Wow Nutrition”. Projeto de extensão. Valor R$ 4.980,00

10. Profa. Michele Rigon Spier. “Produção de Biocoadjuvante Tecnológico de Baixo Custo para Aplicação na Indústria de Alimentos”. CNPq. Bolsa Pesquisador. Processo número 315098/2018-0. Valor R$ 39.600,00

11. Profa. Michele Rigon Spier. “Produção de Lactases (Beta-galactosidase) de Origem Microbiana por Cultivo Submerso”. Fundação Araucária. Chamada 09/2016. Valor R$ 43.700,00

12. Profa. Michele Rigon Spier. “Serviços de Consultoria à empresa BTA Aditivos Ltda”. Projeto de extensão. Valor: R$ 15.688,88.

13. Profa. Regina Maria Matos Jorge. “Estudo Cinético e Termodinâmico da Hidratação em Sistemas Particulados” CNPq. Bolsa Pesquisador. Processo número 312215/2017-7. Valor R$ 39.600,00

14. Profa. Regina Maria Matos Jorge. “Meio ambiente e sociedade, Materiais Manufaturados e Promoção da Saúde Humana.” Edital nº 04/2019 – Apoio a Atividades de Pesquisa – PRPPG – UFPR. Valor R$ 12.540,00.

15. Profa. Rosemary Hoffmann Ribani. “Separação e Identificação de Compostos Bioativos para Aplicação na Indústria de Alimentos”. CNPq. Bolsa Pesquisador. Processo número309805/2016-3. Valor R$ 39.600,00

16. Profa. Rosemary Hoffmann Ribani. “Valorização dos frutos, subprodutos e resíduos das palmeiras nativas brasileiras (Maximiliana maripa e Euterpe edulis) como fonte de compostos bioativos e nutricionais.” CNPq. Chamada MCTIC/CNPq Nº 28/2018 – Universal/Faixa B. Valor: R$ 58.615,00.

17. Profa. Rosemary Hoffmann Ribani. “Manutenção Preventiva e Corretiva do Cromatógrafo Líquido de Ultra Performance (UPLC) presente na Central Analítica Multiusuária das Usinas Piloto “PRPPG/UFPR – Edital 05/2019: Solicitação de Apoio à Manutenção de Equipamentos Multiusuário. Valor R$ 50.693,35

18. Prof. Vitor Renan da Silva. “Síntese de ésteres a partir de processos intensificados empregando catalisadores superácidos assistidos por processos de separação por membranas a base de sericina”. CNPq. Chamada MCTIC/CNPq Nº 28/2018. Valor R$ 25.000,00.

No ano de 2019, a força de trabalho com remuneração de bolsas de fomento foi:
a) 11 (onze) bolsas de mestrado DS/Capes
b) 02 (duas) bolsas de mestrado CNPq
c) 42 (quarenta e duas) bolsas de doutorado DS/Capes
d) 02 (duas) bolsas de pós-doutorado PNPD/Capes
e) 01 (uma) bolsa de pós-doutorado Fundação Araucária/Capes

Universidade Federal do Paraná
ENGENHARIA DE ALIMENTOS
Av. Francisco Heráclito dos Santos, 100
Centro Politécnico - Curitiba
Telefone: (41) 3361-3232
E-mail: posalim@ufpr.br

Universidade Federal do Paraná
ENGENHARIA DE ALIMENTOS
Av. Francisco Heráclito dos Santos, 100
Centro Politécnico - Curitiba
Telefone: (41) 3361-3232
E-mail: posalim@ufpr.br

Imagem logomarca da UFPR

©2021 - Universidade Federal do Paraná - ENGENHARIA DE ALIMENTOS

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação