[google-translator]

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO
BOTÂNICA

Menu

Infraestrutura

Laboratórios

A Coordenação tem buscado a contínua manutenção e melhoria da infra-estrutura dos laboratórios do Departamento de Botânica utilizados por alunos e docentes do Programa. Nos últimos anos tem se conseguido um considerável aporte de recursos, por meio dos projetos da FINEP/CT-INFRA, Ministério do Meio Ambiente; do Fundo de Desenvolvimento Acadêmico (FDA modalidade Pós-Graduação) da Universidade Federal do Paraná; projetos financiados pelo CNPq; projeto financiado pela Fundação Araucária; verba REUNI para equipamentos. Em 2018 aprovamos um edital FDA no valor de R$ 39.711,27, o que foi destinado à melhoria dos laboratórios e salas de aula por meio da compra de cadeiras, microscópios, lupas, dentre outros equipamentos menores para aulas práticas.

Neste sentido, temos procurado ampliar e atualizar a estrutura básica dos laboratórios e das salas de aula, e acreditamos que a estrutura montada em nosso programa é de boa qualidade, atendendo a todas as áreas e propiciando aos estudantes todas as condições para o desenvolvimento de seus projetos de pesquisa. Dentre a estrutura disponível, temos laboratórios que têm um caráter multiusuário e que atendem as diferentes linhas de pesquisa de nosso programa, a saber:

HERBÁRIO com cerca de 90.000 mil exemplares, sendo o mais bem equipado do estado e um dos melhores do país, com toda a coleção informatizada e mantida em ambiente controlado, seguindo as normas internacionais para coleções deste tipo. O Herbário fornece suporte a todas as áreas de atuação dos docentes e discentes do programa, seja nas áreas mais relacionadas à biodiversidade, como sistemática e ecologia, quanto nas áreas mais biotecnológicas, como fisiologia do desenvolvimento. 

LABORATÓRIO DE BIOLOGIA MOLECULAR com todos os equipamentos necessários à extração de DNA e realização da reação da polimerase em cadeia (PCR). Este laboratório foi adquirido com recursos do CT-INFRA, além de recursos do próprio programa de pós-graduação.

CASAS DE VEGETAÇÃO (quatro) que possibilitam o desenvolvimento de experimentos em ambiente controlado. Estas estruturas tem como objetivo abrigar material vivo para o acompanhamento do desenvolvimento vegetativo e floral dos exemplares incluídos em diferentes estudos sistemáticos, morfológicos e anatômicos, de sistemas de reprodução e de genética de populações.

  CENTRO DE MICROSCOPIA ELETRÔNICA (CME) – De caráter multiusuário, o CME possui dois Microscópios Eletrônicos de Varredura e um de Trasmissão. Estes equipamentos tem atendido de forma irrestrita as demandas de nossos docentes e discentes, permitidindo análises ultra-estruturais relevantes aos estudos tanto de sistemática quanto de anatomia/fisiologia. 

MICROSCOPIA ÓPTICA – além dos sistemas eletrônicos de varredura e transmissõa, o PPGBOT-UPFR possui um sistema de captura e análise de imagem (Olympus), no Laboratório de Botânica Estrutural do Departamento de Botânica. Esse equipamento agilizou o trabalho de fotomicrografia e análise de imagem, especialmente para os alunos da área de anatomia, permitindo maior qualidade às imagens.

Ainda em termos de estrutura laboratorial, temos laboratórios mais dedicados a temas específicos, geralmente relacionados às áreas de atuação de cada docente, a saber:

  1. LABORATÓRIO DE BOTÂNICA ESTRUTURAL: sala de preparo de lâminas com micrótomos, afiador de navalhas, estufas e microscópios. Oferece suporte a projetos de pesquisa em anatomia vegetal.
  2. LABORATÓRIO DE MICROPROPAGAÇÃO VEGETAL (site): sala de lavagem e esterilização com autoclaves, agitadores/aquecedores, pHmetro de bancada, destilador, estufa, geladeiras, balanças, capelas de fluxo laminar horizontal, esterilizadores, luz fluorescente ou LED, controle do fotoperíodo e temperatura, agitador orbital e germinadoras com luz. Oferece suporte ao cultivo in vitro de plantas e suas interfaces com a fisiologia do desenvolvimento vegetal. 
  3. LABORATÓRIO DE FISIOLOGIA VEGETAL: estufas de cultivo, capela de fluxo laminar, centrifuga, pHmetro de bancada, balanças de precisão e semi-precisão, estufas incubadoras com refrigeração, destilador, deionizador, freezer e geladeira. Também oferece suporte ao cultivo in vitro de plantas e suas interfaces com a fisiologia do desenvolvimento vegetal.
  4. CASAS DE VEGETAÇÃO: Casa 1: 120 m2, com controle de temperatura, nebulização intermitente e fotoperíodo controlado. Casa 2: 128 m2, com módulos úmido (nebulização por microaspersão) e seco. Casa 3: 94 m2, multiusuário, modelo Poly Venlo, climatizada, com nebulização intermitente e controle de temperatura e umidade. Casa 4: 18 m2, coleção de ca. 600 exemplares cultivados de monocotiledôneas.
  5. LABORATÓRIO DE SISTEMÁTICA E ECOLOGIA MOLECULAR DE PLANTAS (site): termocicladores, sistema de fotodocumentação de géis, cubas e fontes para eletroforese, centrífugas, freezers (-20°C), ultra-freezer (-80°C), geladeiras, computadores, equipamentos e reagentes para biologia molecular. Abriga cerca de 12.000 amostras de DNA total de plantas. Oferece suporte a estudos filogenéticos moleculares. 
  6. LABORATÓRIO DE TAXONOMIA DE PLANTAS VASCULARES: com 14 microscópios estereoscópicos (dois com câmara-clara), um microscópio estereoscópico Olympus SZ60 para análise de material com relevo acentuado, e literatura para estudos taxonômicos, armários para armazenamento de coleções, equipamentos para coleta botânica. Dá suporte a estudos sobre diversidade botânica, e atende taxonomistas botânicos de outras instituições em visita ao herbário.
  7. LABORATÓRIO DE SISTEMÁTICA E EVOLUÇÃO DE SAMAMBAIAS E LICÓFITAS: equipado com uma lupa Zeiss e câmara-clara acoplada, uma lupa AMScope com câmara digital acoplada, lupas simples, computadores e equipamentos para coletas em campo (estufa de campo, prensas, etc.), reagentes para estudos citogenéticos e vasta literatura especializada.
  8. LABORATÓRIO DE FICOLOGIA (site): equipado com centrífugas, geladeiras, freezer, placa de aquecimento, bomba a vácuo, dessecadores de vidro, analisador multiparâmetros de campo, balanças, medidor de intensidade luminosa Li-cor, sensor esférico submersível, microscópios ópticos com câmara-clara Olympus, microscópios invertidos Olympus IX70 (dois com câmera fotográfica acoplada e um com sistema de vídeo), fotomicroscópio Olympus DX40, câmera digital CANON, espectrofotômetro UV U-2001 Hitachi, sonda HORIBA para medidas de parâmetros ambientais em profundidades variadas, processador ultrassônico, equipamentos de coleta e acondicionamento de amostras. Abriga importante biblioteca e é tido como centro brasileiro de referência em taxonomia de diatomáceas. 
  9. LABORATÓRIO DE LIQUENOLOGIA: equipado com microscópios estereoscópicos, microscópios ópticos, armário para acondicionamento de exsicatas em estudo, cuba com tampa para cromatografia de camada delgada, câmara escura com luz UV para visualização de placas de cromatografia, além de literatura vasta para estudos liquenológicos, equipamentos para coleta, e reagentes para processamento de amostras.
  10. LABORATÓRIO DE ANÁLISE E SÍNTESE EM BIODIVERSIDADE: com computadores, coleção de livros, equipamentos de coleta em comunidades aquáticas, duas embarcações de alumínio com dois motores de popa; 1 caminhonete; redes de pesca com malhas diversas; equipamento de pesca elétrica; armadilhas de peixes e invertebrados associados à plantas aquáticas; garfo para coleta de plantas aquáticas submersas, rede de fitoplâncton, surber para coleta de invertebrados aquáticos, GPS Garmin. Agrega um laboratório-container com aquários, tanques de água, bombas de oxigênio, freezer, bancada e pia.
  11. LABORATÓRIO DE ECOLOGIA VEGETAL (site): equipado com estufas, geladeira, germinadores BOD, computadores, impressoras, balanças analíticas, material para coleta em campo (escada, podão, densiômetro, termohigrômetro, GPS), binóculos, material de consumo, estacas, tesoura de poda, material de segurança, vidraria.
  12. LABORATÓRIO DE ECOLOGIA FUNCIONAL DE COMUNIDADES: Possui estufas para secagem de material vegetal, computadores, bancada para processamento de coletas de campo e armário para coleção botânica.
  13. LABORATÓRIO DE SISTEMÁTICA DE FANERÓGAMAS Campos Palotina: climatizada, com bancadas, armários, equipamentos ópticos (microscópios, lupas), geladeira, freezer, estufa para secagem, material para coleta e atividades de campo, podões, prensas, vidraria e reagentes diversos.
  14. LABORATÓRIO DE SISTEMÁTICA DE CRIPTÓGAMAS E FUNGOS Campos Palotina: com bancadas, climatização, três conjuntos de microscópios ópticos trinoculares com sistema de captura de imagens, lupas, câmera digital, estufa, geladeira, computador, GPS, materiais de coleta, vidraria e reagentes. Concentra pesquisas em taxonomia e biologia de macrofungos.

 

Recursos de Informática

 

A UFPR disponibiliza acesso à Internet de alto desempenho (por fio e wireless), e atendimento aos usuários. Dispõe de plataforma para gerenciamento das pós-graduações (SIGA), que administra rotinas, emissão de documentos e matrículas, além de armazenar dados e produzir relatórios. O SIGA possibilita a importação de dados da Plataforma Lattes e possibilita alimentar o Sucupira, auxiliando o preenchimento das avaliações da CAPES. O Setor de Ciências Biológicas disponibiliza locais adequados e treinamento para a utilização do sistema Mconf para multiconferência, para defesas públicas; também dispõe de salas de computação para atividades didáticas do programa. Em todos os laboratórios e salas dos docentes há computadores e internet. Além disso, o Centro de Computação Eletrônica (CCE) oferece atendimento, orientação e treinamento para toda a comunidade acadêmica, em assuntos referentes a sistemas de informação, redes ou equipamentos de informática. 

 

Biblioteca

 

A UFPR possui um sistema de Biblioteca digital onde estão disponíveis as teses e dissertações em formato eletrônico com texto completo a partir de 2004; livros, revistas da UFPR e vídeos, além de outras informações. O Sistema de Bibliotecas (SIBI) da Universidade Federal do Paraná é constituído por uma sede administrativa, 13 bibliotecas universitárias e uma biblioteca de ensino médio e profissionalizante: A missão do SIBI é ofertar à comunidade universitária, e também para a comunidade em geral, controle e acesso adequados a informações em Ciência e Tecnologia. O SIBI disponibiliza para a comunidade universitária uma seleção de links de bases de dados de acesso público e outros links de interesse científico de diversas áreas do conhecimento.

Os alunos e docentes de nosso Programa utilizam principalmente a Biblioteca do Setor de Ciências Biológicas, a qual conta com um acervo de cerca de 11.000 títulos de livros e 25.000 exemplares, além de cerca de 1.200 títulos de periódicos em papel. A biblioteca disponibiliza, além do empréstimo domiciliar, os serviços de levantamento bibliográfico, onde o bibliotecário auxilia a definir o perfil de busca e, também, o serviço de COMUT. As bibliotecárias são anualmente convidadas a ministrar um curso aos alunos novos para instrução de como utilizar o sistema de levantamento bibliográfico e busca de artigos.

A Botânica conta também com a biblioteca do Setor de Ciências Agrárias, com cerca de 17.000 títulos de livros e 25.000 exemplares, além de cerca de 2.000 periódicos em papel, sendo que parte expressiva deste acervo pertencente à Área de Botânica. Adicionalmente, cada um dos laboratórios de pesquisa do Departamento de Botânica conta com um acervo bibliográfico próprio e específico de sua área de atuação, disponível para os pós-graduandos, além do acervo próprio de cada orientador.

Outras informações

OUTROS LABORATÓRIOS DE PESQUISA: os alunos do programa podem utilizar laboratórios de outras unidades da UFPR: Geodésia (Planialtimetria); Laboratório de Análise de Solos; Laboratório de Anatomia da Madeira; Laboratório Muti-Usuário de Imagem; Laboratórios do Centro de Estudos do Mar.

LABORATÓRIOS DIDÁTICOS (exclusivos da pós-graduação): (1) Sala de aula teórica para 40 alunos, com computador, multimídia, lousa interativa e internet; (2) Sala de aula teórica para 60 alunos, com computador, multimídia, home-theater e caixas de som e internet; (3) Sala de aula prática para 17 alunos, com bancadas, pia, e equipamento óptico. Obs.: (A) as disciplinas que demandam mais equipamentos ópticos são ministradas nos laboratórios de graduação do departamento; (B) disciplinas que demandam cultivos, experimentos ou aprendizado de técnicas específicas são ministradas nos laboratórios de pesquisa.

SALAS PARA PERMANÊNCIA DOS ALUNOS: salas com com mobiliário, 16 pontos de internet e 4 computadores.

SALA DE PROFESSORES VISITANTES E PÓS-DOC: também para professores colaboradores de outras instituições.

SECRETARIA DO PROGRAMA: sala exclusiva, com mobiliário, computadores, impressora e internet. Mantém softwares e equipamentos portáteis (câmera fotográfica, GPS, light meter, Flow Probe, laptop, datashow).

Universidade Federal do Paraná
BOTÂNICA
CENTRO POLITECNICO
Jardim das Américas - Curitiba
Telefone:(41) 3361-1625
E-mail: pgbotanica.ufpr@gmail.com

Universidade Federal do Paraná
BOTÂNICA
CENTRO POLITECNICO
Jardim das Américas - Curitiba
Telefone:(41) 3361-1625
E-mail: pgbotanica.ufpr@gmail.com

Imagem logomarca da UFPR

©2021 - Universidade Federal do Paraná - BOTÂNICA

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação