PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO
COMUNICAÇÃO

Menu

05/08 – Defesa de Dissertação – Romão Neto


Dissertação trata da animação Mulan (1998) e busca demonstrar como a localização estratégica ocidental reorganiza a construção de gênero e sexualidade da personagem principal. #PPGCOMUFPR

No dia 05 de agosto (quinta-feira), às 14h, o discente Romão Matheus Neto defende sua dissertação intitulada “Quem essa animação pensa que eu sou?”: performances, representações e negociações de gênero e sexualidade endereçadas em Mulan (1998). O trabalho é orientado pela professora Regiane Regina Ribeiro, da Linha 1 do Programa de Pós-Graduação em Comunicação (PPGCOM-UFPR). A pesquisa está situada no contexto da animação Mulan (1998), da empresa estadunidense Walt Disney Animation Studios,  baseada em uma lenda milenar chinesa chamada A Balada de Hua Mulan.

De acordo com o mestrando, na década de 1990, a Walt Disney Animation Studios começa a promover protagonistas consideradas mais rebeldes, liberadas e ativas, bem como identidades étnico-raciais não ocidentais. “Ao comporem deslocamentos entre contos/lendas clássicas e o mainstream, tais produtos multiculturais endereçam representações ambíguas, que possuem a dupla capacidade de promoverem a diferença cultural e, ao mesmo tempo, tomadas de posições discursivas universalizantes e orientalistas sobre marcações culturais de gênero a serem negociadas pelos espectadores”, explica. 

Neste sentido, a investigação responde o seguinte problema de pesquisa: como a localização estratégica ocidental hibridiza a lenda chinesa e produz sentidos sobre gênero e sexualidade na personagem principal da animação? Por sua vez, o objetivo da  pesquisa realizada pelo discente busca demonstrar como tal estratégia reorganiza a construção de gênero e sexualidade da personagem principal por meio dos endereçamentos da protagonista e sua relação com personagens secundários. “Localizamo-nos epistemologicamente em uma tríade composta pelos conceitos de identidade e representação dos Estudos Culturais, Estudos Pós-Coloniais e Estudos de Gênero. O protocolo metodológico é qualitativo e está delineado em um conjunto de técnicas: pesquisa bibliográfica e documental, entrevista em profundidade com um dos co-diretores da animação, e Modos de Endereçamento”, conta Romão.

Ainda segundo o mestrando, a partir da análise de nove cenas de Mulan (1998), conferiu-se o entendimento de que a produção empresta elementos históricos, narrativos e estéticos de matrizes culturais chinesas, mas os reinterpreta por meio de lógicas ocidentais. “Este processo de hibridização tanto reforça componentes já existentes da lenda quanto dá novos sentidos à personagem. A dramatização e amplificação das marcações de gênero no longa-metragem funcionam como pontos de convergência para a tradução cultural moderna da balada. Em um escopo geral, o filme questiona momentaneamente os papéis de gênero, mas não a construção binária e essencialista do gênero/sexo em si”, finaliza Romão.

A banca de defesa de dissertação do discente Romão Matheus Neto acontece de maneira remota em atenção à Portaria 36/2020 CAPES e conforme orientação da UFPR/PRPPG de 20/03/2020. A banca pode ser acompanhada no link abaixo.

 

Banca de defesa de dissertação: Romão Matheus Neto

Título: “Quem essa animação pensa que eu sou?”: performances, representações e negociações de gênero e sexualidade endereçadas em Mulan (1998)

Banca avaliadora:

Regiane Regina Ribeiro (orientadora)
Valquíria Michela John (membro interno – PPGCOM/UFPR)
Iris Yae Tomita (membro externo – Unicentro)
Jamil Cabral Sierra (membro externo – UFPR)

Dia: 05/08/2021 (quinta-feira)
Horário: 14h.
Link da reunião: https://teams.live.com/meet/93186208894789

 

Compartilhe essa notícia!

Universidade Federal do Paraná
COMUNICAÇÃO

-
Telefone:
E-mail:

Universidade Federal do Paraná
COMUNICAÇÃO

-
Telefone:
E-mail:

Imagem logomarca da UFPR

©2021 - Universidade Federal do Paraná - COMUNICAÇÃO

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação