PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO
COMUNICAÇÃO

Menu

04/08 – Defesa de Dissertação – Guilherme Sizanoski


Dissertação discute o portal e-Cidadania como espaço mediador de demandas populares voltado à participação política. #PPGCOMUFPR

O discente Guilherme Sizanoski Santos defende no dia 04 de agosto (quinta-feira), às 14h, a dissertação intitulada Homofobia e “Ideologia de Gênero”: O Paradoxo da Participação no Portal E-Cidadania. O trabalho conta com orientação da professora Kelly Cristina de Souza Prudencio da Linha 2 do Programa de Pós-Graduação em Comunicação (PPGCOM-UFPR). A pesquisa buscou responder a seguinte questão: de que modo os argumentos presentes nas Ideias Legislativas a respeito das temáticas “homofobia” e “ideologia de gênero” se refletem no tensionamento de pautas sociopolíticas? 

A partir do levantamento das Ideias Legislativas que incluem os termos “homofobia” e “ideologia de gênero”, empregou-se a análise lexical. De acordo com a investigação conduzida por Guilherme foi possível identificar que tipo de demanda está presente nesse espaço, considerando as lutas políticas em torno das expressões. Observou-se, dentre outros aspectos, determinados padrões no vocabulário e argumentos utilizados. Conclui-se que o portal se configura como um território de disputa, ou seja, comporta uma amostra do tensionamento de pautas que afeta determinados atributos democráticos.

Para o discente, o principal desafio no percurso da pesquisa foi definir a metodologia e aprender a mexer com os softwares. “Mas eu gostaria de ressaltar meu fascínio pelas ciências sociais e de como o processo de estudá-las já é, por si só, desafiador. Eu digo isso, pois, além de colocarmos à prova nossas habilidades intelectuais, é necessário desenvolver as emoções, uma vez que é impossível nos mantermos indiferentes ao vivenciar e colher amostras da realidade sobre pautas políticas, mesmo que numa proporção reduzida, como é o caso de um trabalho acadêmico”, relata.

Guilherme pontua ainda sobre a especialidade das ciências sociais (sejam elas aplicadas ou não) e argumenta que nós, enquanto pesquisadores, precisamos também exercitar a busca pela diferenciação entre as dimensões social e psicossocial, para que possamos entender nossos papéis como indivíduo e como coletivo – indivíduos formam o todo, e o todo afeta cada indivíduo. “É uma relação de impacto e influência: passei a compreender que não se trata apenas do que fazem com a gente, enquanto sujeitos pertencentes a grupos minoritários políticos, mas o que podemos fazer com o que fazem com a gente”, finaliza o mestrando.

Banca de defesa de dissertação: Guilherme Sizanoski Santos

Título: Homofobia e “Ideologia de Gênero”: O Paradoxo da Participação no Portal E-Cidadania.

Banca avaliadora:

Kelly Cristina de Souza Prudencio (orientadora)
Carla Candida Rizzotto (membro interno – PPGCOM/UFPR)
Samuel Anderson Rocha Barros (membro externo – UFBA)

Dia: 04/08/2022 (quinta-feira)
Horário: 14h.
Local: Sala Conselho Sacod

 

Compartilhe essa notícia!

Tags: , , , , , , , , ,
Universidade Federal do Paraná
COMUNICAÇÃO

-
Telefone:
E-mail:

Universidade Federal do Paraná
COMUNICAÇÃO

-
Telefone:
E-mail:

Imagem logomarca da UFPR

©2022 - Universidade Federal do Paraná - COMUNICAÇÃO

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação