PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO
ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

Menu

O Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção tem como:

Missão: Gerar conhecimento, por meio da formação de recursos humanos, de modo multidisciplinar, para benefício da indústria e sociedade, voltado para novos desafios científicos e resoluções de problemas aplicados na engenharia de produção.

Visão: Ser referência no desenvolvimento de competências que incentivem a geração de novas tecnologias sustentáveis.

Siga o PPGEP nas redes sociais:

      

História do Programa

Até 2006 não existia na UFPR uma área de Engenharia de Produção. No entanto já eram em grande número os quais atuavam nesta área em outros programas de pós-graduação, quais sejam: Métodos Numéricos, Mecânica, Construção Civil, entre outros. Em 2007 foi criado o curso de graduação em Engenharia de Produção. Em 2008, um grupo de seis professores já estava lotado na Coordenação de Engenharia de Produção, aguardando os requisitos administrativos para a criação do Departamento de Engenharia de Produção, o que veio a ocorrer em 2011. Além da criação do curso de graduação, o grupo de professores que o compunha também traçou como missão criar o Programa de Pós-graduação em Engenharia de Produção, de modo a consolidar a área de Engenharia de Produção, formando assim o tripé Ensino, Pesquisa e Extensão na área. No final de 2009 o Programa de Mestrado em Engenharia de Produção – PPGEP UFPR virou realidade com a aprovação do projeto enviado a CAPES, sendo que em março de 2010 os primeiros alunos ingressaram no mesmo.
De seu início até os dias de hoje (2022), 143 (centro e quarenta e três) alunos já titularam, sendo que, o programa conta este ano com 23 (vinte e três) alunos matriculados ativos, com defesas de projeto de dissertação e defesas de dissertação programadas para a realização em 2022, 2023 ou 2024.
Finalmente, não menos importante, observou-se um aumento das fontes de fomento, as quais agora são Capes – Centro Anhanguera de Promoção e Educação Social; Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Financiadora De Estudos Projetos Finep; Fundação e Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Instituto Brasileiro De Informações em Ciência e Tecnologia, Tribunal de Contas do Estado do Paraná; Instituto Renault e MCTIC/FINEP.
Destacam-se ainda, projetos com empresas privadas como Electrolux ®, Votorantim ®, entre outras. E o aumento de rendas próprias geradas pelo Programa de Especialização em Engenharia de Produção vinculado ao departamento de Engenharia de Produção.

Proposta

O Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção da UFPR tem como Missão: Gerar conhecimento, por meio da formação de recursos humanos, de modo multidisciplinar, para benefício da indústria e sociedade, voltado para novos desafios científicos e resoluções de problemas aplicados na engenharia de produção. Sendo sua visão Ser referência no desenvolvimento de competências que incentivem a geração de novas tecnologias sustentáveis.
Sendo que seu objetivo geral é o de capacitar pessoal com visão multidisciplinar para análise e proposições sobre gestão dos projetos, produtos e processos, inovação tecnológica e temas de pesquisa operacional aplicados na engenharia de produção, com foco na geração de tecnologias sustentáveis e que agreguem valor a sociedade.
Para tal, traçou como objetivos específicos:

  • Formar pós-graduandos capazes de atuar nas áreas voltadas ao ensino e pesquisa, os quais produzam resultados qualificados representados por publicações em periódicos e ganhos para a sociedade;
  • Atender a sociedade de forma útil, em projetos de comprovada aplicação prática, com o necessário embasamento teórico, voltados a geração de resultados acadêmicos, sociais e econômicos.

Em consonância com sua missão e visão, o perfil do egresso proporcionado pelo Programa de Pós-graduação em Engenharia de produção da UFPR é caracterizado pela forte integração entre as áreas de gestão e de métodos quantitativos. Visando proporcionar à sociedade um profissional pesquisador dotado de capacidades que permitam o desenvolvimento de pesquisas sustentáveis em ambas as áreas, o que se reflete nas publicações e ações desenvolvidas por seus discentes e docentes junto à comunidade acadêmica e empresarial.

Estrutura Curricular

Em relação a sua área de concentração e linhas de pesquisa, e, também de modo a alinhar com a missão e visão do programa, alterações e atualizações se fizeram necessárias e ocorreram ao longo dos anos.
Primeiramente, as disciplinas do núcleo comum foram modificadas a partir de 2012. Originalmente o núcleo comum era composto por Programação Linear e Criatividade e Inovação, passando a ser composto pelas disciplinas de Probabilidade e Estatística Aplicada, Método de Pesquisa, Projeto e Gestão de Sistema de Produção e Seminários. Em particular a criação da disciplina Seminários visou incentivar e estimular a participação discente em atividades de extra curriculares, voltadas a publicação e apresentação de artigos, participação e organização de eventos científicos voltados a disseminação e troca de conhecimento entre a comunidade geral e acadêmica, bem como aproximar a indústria da academia.
Em conjunto com a alteração das disciplinas do núcleo comum foi instituída a obrigatoriedade de o aluno cursar, além das disciplinas obrigatórias, mais uma disciplina da outra linha, visando incentivar a multidisciplinaridade dos trabalhos e integração entre as linhas de pesquisa. Fato este, que pode ser observado na natureza da maioria dos projetos e publicações do corpo docente e discente.
No início de 2022, o programa deliberou pela reestruturação de suas linhas de pesquisa, atendendo as recomendações dos pareceristas da comissão de área (CAPES). Sendo que atualmente o mesmo conta com uma única área de concentração: ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, sendo esta composta por duas linhas de pesquisa, as quais reúnem o conjunto de temas em torno dos quais são desenvolvidos trabalhos, artigos, projetos e dissertações. A linha de pesquisa em INOVAÇÃO EM PROJETOS, PRODUTOS E PROCESSOS e linha de pesquisa em OTIMIZAÇÃO E QUALIDADE EM PROCESSOS PRODUTIVOS.

A linha INOVAÇÃO EM PROJETOS, PRODUTOS E PROCESSOS caracteriza-se pelo desenvolvimento de conhecimentos teóricos e aplicados na análise de processos para o diagnóstico, projeto, planejamento e gestão de produtos e processos produtivos. Abrange temas como: Logística; Novos Processos de Fabricação; Aumento de Produtividade por meio do uso de ferramentas digitais; Planejamento de processos e Controle da Produção; e temas voltados para a Sustentabilidade e Manufatura Sustentável. Nestes temas, estuda os elementos mais significativos da produção nos mais variados setores de bens e serviços. A linha de pesquisa proporciona a oportunidade para a criação, o estudo, a aplicação e validação dos elementos chave necessários à aplicação da Engenharia de Produção desde o planejamento de processos e manufatura auxiliados por computadores até o desenvolvimento de sistemas produtivos, considerando os elementos necessários ao projeto do produto e suas inter-relações com as ferramentas tecnológicas oferecidas pelo meio. Utiliza em seus estudos a gestão das ferramentas, técnicas da gestão estratégica da produção, passando a estudar os preceitos e necessidades da qualidade organizacional e qualidade do consumidor objetivando sua integração, avaliam os processos da qualidade, desenvolvimento de operações e estratégias logísticas voltadas a produção com sustentabilidade em suas ações. Busca ainda investigar as variáveis socioambientais na tomada de decisões organizacionais e os seus efeitos no sistema de produção e de consumo. Tem como premissa a difusão do conhecimento individual e organizacional, a formação de competências, a educação profissional, transformando-os em força motriz essencial para o pensamento criativo. Visa ainda pesquisar as necessidades, estruturas de informação e gestão de projetos para inovação tecnológica, objetivando modelos de negócios sustentáveis.

A linha OTIMIZAÇÃO E QUALIDADE EM PROCESSOS PRODUTIVOS – Tem por objetivo a abordagem de estratégias para o aperfeiçoamento de processos produtivos por meio de técnicas estatísticas e de otimização matemática, visando a melhoria e a manutenção da qualidade de processos. Possui ligações particularmente fortes com a Engenharia de Produção, pois lida com a concepção, projeto e implantação de sistemas produtivos de bens e serviços; caracterizados pela integração entre homens, materiais, equipamentos e o meio ambiente faz uso de modelos matemáticos, estatísticos e algoritmos para ajudar a tomada de decisões. É mais frequente o seu uso para análise de sistemas complexos reais, tipicamente com o objetivo de melhorar ou otimizar a performance. Objetiva também o emprego dos métodos estatísticos na Engenharia de Produção na resolução de problemas, entre os quais a aplicação métodos estatísticos multivariados no reconhecimento de padrões, em problemas de previsão, controle de qualidade e construção de metodologias de avaliação e na análise de dados, entre outros.

Universidade Federal do Paraná
ENGENHARIA DE PRODUÇÃO
Av. Cel. Francisco Heráclito dos Santos, 210, 3º Andar, Prédio da Administração, Setor Tecnologia - Campus Centro Politécnico
Jardim das Américas - CURITIBA
Telefone:(41) 3361-3035
E-mail: ppgep@ufpr.br

Universidade Federal do Paraná
ENGENHARIA DE PRODUÇÃO
Av. Cel. Francisco Heráclito dos Santos, 210, 3º Andar, Prédio da Administração, Setor Tecnologia - Campus Centro Politécnico
Jardim das Américas - CURITIBA
Telefone:(41) 3361-3035
E-mail: ppgep@ufpr.br

Imagem logomarca da UFPR

©2022 - Universidade Federal do Paraná - ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação