PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO
FILOSOFIA

Menu

Proposta Curricular

Estrutura Curricular

O Programa está estruturado segundo três linhas de pesquisa distintas, que assim se constituem:

1. Metafísica e Epistemologia

O objetivo central desta linha é acolher e propiciar investigações nas áreas de Metafísica, Teoria do Conhecimento, Filosofia da Ciência, Filosofia da Linguagem e Filosofia da Matemática, buscando explorar as conexões conceituais existentes entre suas noções fundamentais, bem como compreender sua evolução ao longo da história da filosofia. Esta linha surgiu como resultado do amadurecimento de uma vertente de pesquisas, provisoriamente institucionalizadas no Grupo de Pesquisas ?Filosofias da Experiência? (CNPq) e concentradas, em linhas gerais, nas áreas acima descritas, entendidas como disciplinas filosóficas relativamente autônomas, mas fecundamente imbricadas em uma variedade de problemas, quando encarados seja de um ponto de vista diacrônico seja de um ponto de vista sincrônico, do passado ou do presente da filosofia. Assim, estão incorporados ao escopo desta linha de pesquisa investigações sobre questões fundamentais em qualquer um desses campos, bem como questões que dizem respeito a algumas das suas aplicações a objetos e problemas particulares.

2. Ética e Filosofia Política

A linha de pesquisa prioriza a investigação de temas e problemas do pensamento ético e político, tomando-os em sua especificidade e em sua integração mútua, bem como em sua integração a outros âmbitos da investigação filosófica, como a metafísica, a teoria do conhecimento, a filosofia da história, a filosofia do direito, a estética,  a crítica da sociedade e da cultura etc. Procura-se, além disso, aliar o interesse pelo esclarecimento dos significados de conceitos e dos problemas fundamentais da ética e da filosofia política ao interesse histórico pela reconstituição dos contextos e das filosofias em que esses conceitos e problemas adquiriram seus significados, combinando, assim, precisão conceitual ao estudo da História da Filosofia.

3. História da Filosofia

Trata-se de linha de pesquisa portadora de um papel formativo central desde a pesquisa em graduação e, na mesma medida em que pretendemos que todas as especialidades relevantes sejam abordadas desde o curso de Graduação ? História da Filosofia Antiga, Patrística e Medieval, Renascentista, Clássica Moderna, de tradições Anglo-saxônicas, Germânica e Francesa ? elas também ganhem naturalmente seu prolongamento no nível da pós-graduação. Cabe ressaltar que primordialmente a pesquisa desta linha pretende privilegiar a abordagem do repertório dos principais autores clássicos. Mas tal orientação não deve ser entendida em sentido dogmático ou excludente, na medida em que pode se beneficiar tanto de aperfeiçoamentos de cunho propriamente historiográfico, pelos estudos de recepção dos pensadores ou dos temas pesquisados quanto de análises que se possam servir de instrumentais diversos, como a análise lógica, retórica ou do conteúdo argumentativo de um texto à luz de algum problema filosófico particular.

Assim as atividades de pesquisa da linha podem igualmente se desenvolver na forma da investigação sobre o modo como problemas, conceitos ou teses são tematizados na sua dispersão histórica ou no interior de um determinado debate. Igualmente, as investigações podem se prolongar tangenciando tematicamente áreas contíguas, cujos objetos de interesse possam se iluminar por uma tal colaboração ? sejam o caso da literatura, da linguística, da história em sentido próprio, das demais ciências humanas e das artes. Tais pesquisas serão tanto mais fomentadas quanto mais puderem colaborar com as exigências específicas de formação em áreas próprias da investigação em História da Filosofia (como é o caso, por exemplo, dos diversos aspectos dos Estudos Clássicos no que tange à formação de especialistas em História da Filosofia Antiga, Medieval ou Renascentista).

 

Seleção

Tanto o candidato ao Mestrado quanto o candidato ao Doutorado devem apresentar, no ato da inscrição no processo de seleção, um Projeto de Pesquisa. Se houver necessidade, poderá haver arguição e entrevista com o candidato. Uma vez admitido no Programa, o discente é acolhido por um orientador que acompanhará seu trabalho e lhe servirá de aconselhador, juntamente com o coordenador do curso.

 

Ambos os níveis de formação preveem que o aluno realize

a) Disciplinas obrigatórias de “Seminários de Pesquisa I e II”, destinadas a promover a maturação e o debate dos projetos de pesquisa com outros pesquisadores; e “Práticas de Docência”, na qual o discente é instado a colaborar com atividades diversas ligadas ao ensino e à avaliação sem que porém ele assuma responsabilidade por cursos no nível da graduação ou de suas participações em seminários.

b) Duas disciplinas eletivas, para o Mestrado, e três, para o Doutorado, a serem escolhidas de um leque oferecido a partir da seguinte grade:

Linha de Pesquisa I: EPISTEMOLOGIA E METAFÍSICA

FILOSOFIA DA CIÊNCIA E DA TECNOLOGIA I FILO 7036

FILOSOFIA DA CIÊNCIA E DA TECNOLOGIA II FILO 7037

FILOSOFIA DA CIÊNCIA I FILO 7014

FILOSOFIA DA CIÊNCIA II FILO 7015

FILOSOFIA DA CIÊNCIA III FILO 7038

FILOSOFIA DA CIÊNCIA IV FILO 7039

FILOSOFIA DA LINGUAGEM I FILO 7016

FILOSOFIA DA LINGUAGEM II FILO 7040

FILOSOFIA DA LINGUAGEM III FILO 7041

METAFÍSICA I FILO 7053

METAFÍSICA II FILO 7054

METAFÍSICA III FILO 7055

TEORIA DO CONHECIMENTO I FILO 7034

TEORIA DO CONHECIMENTO II FILO 7035

 

Linha de Pesquisa II: ÉTICA E POLÍTICA

CULTURA E SOCIEDADE FILO 7004

ÉTICA ANTIGA E MEDIEVAL FILO 7008

ÉTICA CONTEMPORÂNEA FILO 7009

ÉTICA DO ILUMINISMO FILO 7010

ÉTICA DO RENASCIMENTO FILO 7061

ÉTICA E METAFÍSICA FILO 7011

ÉTICA MODERNA FILO 7012

FILOSOFIA DA HISTÓRIA E POLÍTICA FILO 7001

FILOSOFIA DO DIREITO FILO 7042

FILOSOFIA POLÍTICA ANTIGA E MEDIEVAL FILO 7017

FILOSOFIA POLÍTICA CONTEMPORÂNEA FILO 7018

FILOSOFIA POLÍTICA DO ILUMINISMO FILO 7019

FILOSOFIA POLÍTICA E SOCIAL FILO 7043

FILOSOFIA POLÍTICA MODERNA FILO 7002

POLÍTICA E METAFÍSICA FILO 7026

POLÍTICA, MORAL E DIREITO FILO 7003

TÓPICOS DE FILOSOFIA POLÍTICA I FILO 7057

TÓPICOS DE FILOSOFIA POLÍTICA II FILO 7058

TÓPICOS DE FILOSOFIA POLÍTICA III FILO 7059

 

Linha de Pesquisa III: HISTÓRIA DA FILOSOFIA

ESTÉTICA I FILO  7005

ESTÉTICA II FILO 7006

FENOMENOLOGIA I FILO 7000

FENOMENOLOGIA II FILO 7013

HISTÓRIA DA FILOSOFIA ANTIGA FILO 7020

HISTÓRIA DA FILOSOFIA ANTIGA II FILO 7044

HISTÓRIA DA FILOSOFIA ANTIGA III FILO 7045

HISTÓRIA DA FILOSOFIA CONTEMPORÂNEA FILO 7021

HISTÓRIA DA FILOSOFIA CONTEMPORÂNEA II FILO 7046

HISTÓRIA DA FILOSOFIA CONTEMPORÂNEA III FILO 7047

HISTÓRIA DA FILOSOFIA MEDIEVAL FILO 7022

HISTÓRIA DA FILOSOFIA MEDIEVAL II FILO 7048

HISTÓRIA DA FILOSOFIA MEDIEVAL III FILO 7049

HISTÓRIA DA FILOSOFIA MODERNA FILO 7023

HISTÓRIA DA FILOSOFIA MODERNA II FILO 7050

HISTÓRIA DA FILOSOFIA MODERNA III FILO 7051

LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTOS FILO 7052

TÓPICOS DE LEITURA E PRODUÇÃO TEXTOS FILO 7060

 

Sobre os números de créditos, disciplinas obrigatórias e disciplinas eletivas

Mestrado

  • Quantidade mínima de créditos: 21 (13 de disciplinas obrigatórias e 08 de eletivas).
  • Disciplinas obrigatórias:

Disciplina / Código / Créditos

SEMINÁRIOS DE PESQUISA I / FILO-7031 / 4

SEMINÁRIOS DE PESQUISA II / FILO-7032 / 4

PRÁTICA DE DOCÊNCIA I / FILO-7028 / 5

  • Número máximo de aproveitamento e equivalência de créditos realizados em outros Programas de Pós-graduação: 04.
  • Número máximo de aproveitamento e equivalência de créditos realizados na PGFILOS da UFPR: 08.
  •  Soma de aproveitamentos e equivalências de disciplinas cursadas em outros PG e na PGFILOS UFPR: não deve passar, no total, de 08.

 

Doutorado

  • Quantidade mínima de créditos: 30 (18 de disciplinas obrigatórias e 12 de eletivas).
  • Disciplinas obrigatórias:

Disciplina / Código / Créditos

SEMINÁRIOS DE PESQUISA I / FILO-7031 / 4

SEMINÁRIOS DE PESQUISA II / FILO-7032 / 4

PRÁTICA DE DOCENCIA I / FILO-7028 / 5

PRÁTICA DE DOCENCIA II / FILO-7029 / 5

  • Número máximo de aproveitamento e equivalência de créditos realizados em outros Programas de Pós-graduação: 08.
  • Número máximo de aproveitamento e equivalência de créditos realizados na PGFILOS da UFPR: 12.
  • Soma de aproveitamentos e equivalências de disciplinas cursadas em outros PG e na PGFILOS UFPR: não deve passar, no total, de 12.

Não é possível pedir equivalência de disciplinas obrigatórias.

 

Bancas de qualificação e de defesa

É prevista, por fim, a realização de um exame de qualificação entre o 18º e o 20º mês a partir do ingresso no caso do Mestrado, e entre o 34º e o 37º mês a partir do ingresso no caso do doutoramento. Este exame compreende a arguição de uma versão substancial do trabalho final por uma banca de três professores (incluindo-se o orientador) acompanhada de uma descrição detalhada do trajeto remanescente, que pode ser redefinido a partir das observações dos arguidores.

As defesas de mestrado devem ser realizadas até o 24° mes e, as de doutorado, até o 48°.

 

Processo seletivo

Quanto à seleção dos candidatos ao Mestrado e ao Doutorado, até o momento ela é realizada de maneira integrada entre os pesquisadores e as linhas de pesquisa do Programa. A cada ano, monta-se uma comissão mista de seleção e atribuição de bolsas a mestrandos e doutorandos, composta por três representantes de cada linha. A comissão avalia os projetos de maneira conjunta e consensual, evitando a predefinição da proporção dos aprovados por linha e aplicando critérios de seleção partilhados. Sabemos ser um dos raros Programas que logram manter essa dinâmica. A integração entre os pesquisadores se reflete nas diversas atividades (entre traduções, organização de edições e publicações, colóquios e grupos de estudo) que realizam em conjunto.

 

Experiências Inovadoras de Formação

Em um momento em que as atividades de ensino à distância crescem mundialmente e são incentivadas no ensino superior e especialmente na pós-graduação, a UFPR inovou o processo de ensino-aprendizagem ao lançar disciplinas que podem ser cursadas tanto de forma presencial quanto remota, mantendo a interação entre professores e alunos.

Considerando que muitas disciplinas formativas (como Estatística, Metodologia da Pesquisa, Filosofia da Ciência, por exemplo) são comuns (transversais) a um conjunto de programas de pós-graduação e que estas mesmas disciplinas são ofertadas no seio de cada programa, a UFPR buscou desenvolver alternativas que qualificassem a oferta e, ao mesmo tempo, ampliassem o acesso às atividades de ensino stricto sensu.

Cabe ressaltar que a Universidade Federal do Paraná possui campus remotos, com alunos em diversas regiões do estado do Paraná e que, oferecer aulas no modelo remoto com a mesma qualidade e interação das aulas presenciais representa mais do que a simples economia de recursos, representa a possibilidade de oferecer ensino científico de fronteira a todos os alunos, independentemente de sua localização física.

Neste contexto, com o objetivo de disseminar conhecimento de fronteira, possibilitando a participação de convidados de referência internacional em cada área de conhecimento para ministrar disciplinas formativas, foi criado o projeto de ?Disciplinas Transversais? da UFPR. Com a consolidação deste projeto, alunos da UFPR passaram a ter acesso a aulas de excelência, ministradas por professores que são referência internacional em sua área de conhecimento, com convidados com alto fator de impacto e contando ainda com o apoio de tutores para acompanhar o desempenho individual de cada aluno.

Os Programas de Pós-graduação, por sua vez, passaram a contar com ferramenta de inovação de ensino, puderam deixar de ofertar tais disciplinas em suas grades, concentrando seus esforços em disciplinas específicas e em pesquisa, além de terem acesso a ferramentas de ampliação de perspectivas de colaborações internacionais.

Disciplinas Transversais na UFPR

Com tecnologia própria, a UFPR desenvolveu uma plataforma virtual que permite transmitir aulas em tempo real, com efetiva participação dos alunos que aderiram ao formato remoto. Os alunos do modo remoto podem interagir ao vivo por meio de um chat direto, além de terem acesso aos materiais didáticos usados bem como à gravação de todas as aulas, dispondo de um acompanhamento especial realizado por tutores.

Ou seja, a oferta de disciplinas transversais da UFPR não se trata de EaD, mas de um modelo híbrido em que alunos cursam disciplinas presencial e remotamente com transmissão e interação entre alunos e professores em tempo real.

Outro aspecto importante do projeto é que as transversais permitem que sejam ofertadas disciplinas formativas ministradas por pesquisadores que são referência em sua área de conhecimento: apesar de muitos profissionais terem fluência no escopo de disciplinas formativas, nem todos possuem o aprofundamento dos docentes que se dedicam especificamente a estes temas como suas principais áreas de atuação acadêmica.

Esta iniciativa visa não apenas a otimização de recursos humanos, mas também se apresenta como uma importante ferramenta de ensino para instituições que possuem campus distantes, ampliando o acesso do seu corpo discente a disciplinas formativas ministradas por pesquisadores consolidados em sua área de conhecimento.

2017

Nesta iniciativa pioneira, a UFPR, lançou em 2017 a primeira disciplina transversal: “Escrita Acadêmica em Inglês”. Ministrada pelo professor Ron Martinez e outros docentes da UFPR, a disciplina compreendeu um modelo híbrido e contou com 250 alunos em regime presencial e outros 250 alunos em regime remoto (a maior turma já registrada na pós-graduação da UFPR).

A oferta remota da Escrita Acadêmica em Inglês foi transmitida ao vivo (“live streaming”) e os alunos puderam acompanhar as aulas, tiveram acesso aos materiais didáticos e puderam interagir instantaneamente com o docente. As aulas foram gravadas e disponibilizadas para consulta posterior dos alunos, o que facilitou a absorção de conteúdos de todos os discentes matriculados.

Essa disciplina constituiu não apenas uma excelente iniciativa para promover as novas ferramentas formativas como permitiu alavancar a internacionalização da Universidade.  A experiência demonstrou que esse modelo garante aos alunos o pleno desenvolvimento do conteúdo, competências e habilidades esperadas e existentes na modalidade presencial.

2018

A partir desta experiência de sucesso, outras duas disciplinas foram ofertadas em 2018: as disciplinas de “Estatística” e “Métodos de Pesquisa”. A disciplina de Métodos de Pesquisa congregou docentes com diferentes vieses de pesquisa, a fim de fornecer uma formação abrangente e incluiu aspectos quantitativos e qualitativos dos diferentes métodos e abordagens em pesquisa. Por sua vez, a disciplina de Estatística visou propiciar aos alunos uma sólida base das possibilidades de análise de dados. Estas duas disciplinas atenderam mais de 400 alunos da pós-graduação nos modos presencial e remoto.

A disciplina de “Escrita Acadêmica em Inglês” passou a ser ofertada exclusivamente em idioma Inglês a partir de 2018, consolidando-se como um elemento estratégico do plano de internacionalização da UFPR.

2019

Em 2019, a oferta de disciplinas transversais nos formatos presencial e remoto continuou a ser ampliada com a proposição de duas novas disciplinas: “Filosofias da Ciência e da Tecnologia” e “Gestão de Dados em Pesquisa”.

A disciplina de “Gestão de Dados em Pesquisa” (Research Data Management in Data Intensive Computing) foi ministrada em inglês por 5 docentes da UFPR e 7 docentes de duas universidades alemãs – Freiburg e Ulm. Foram ofertadas 100 vagas para a modalidade presencial e 150 para a remota e as gravações foram realizadas em parceira com a UFPR TV.

A disciplina de “Filosofias da Ciência e da Tecnologia”, cujas aulas excederam à abordagem filosófica procurando combiná-la às abordagens históricas e sociológicas, foi ministrada pelo professor Eduardo Salles de Oliveira Barra, do Programa de Pós-graduação em Filosofia, da UFPR, com a participação de professores convidados, de pesquisadores da UFPR e de seus colaboradores de outras universidades nacionais e internacionais, todos eles referência nesta área de conhecimento.

Adicionalmente, as últimas aulas desta disciplina foram integradas à programação da Escola Paranaense de História e Filosofia da Ciência e da Tecnologia (Escola HFC&T 2019), evento que é uma promoção conjunta da UFPR e UTFPR e que, ao lado da Escola USP de História das Ciências e a Escola de História da Ciência da UFMG, compõe a Rede Brasileira de Escolas de História da Ciência. A oferta compreendeu 100 vagas para a modalidade presencial e 150 para a remota.

Outras iniciativas estão sendo propostas e espera-se ampliar o escopo das disciplinas ofertadas nos modos presencial e remoto. Assim, a UFPR assume protagonismo nesta ação inovadora de ensino.

Como mostram as linhas acima, o PGFILOS tem contribuído para a implementação e ampliação da oferta de disciplinas transversais.

Além das atividades descritas abaixo, que envolvem o conjunto da Pós-graduação da UFPR, e para o qual o PGFilos contribuiu e participou ativamente,  desde 2013 o PGFILOS-UFPR engajou-se em um convênio tripartite, celebrado inicialmente entre os Programas de pós-graduação em Filosofia da Universidade de Sherbrooke (Québec, Canadá) e da Universidade de Rennes I (França). A partir de 2018, a Universidade de Sherbrooke foi substituída pela Universidade de Laval (Canadá). O convênio tripartite destina-se ao intercâmbio educacional, administrativo e acadêmico entre as instituições, envolvendo intercâmbios estudantis, em projetos de extensão, projetos de pesquisa articulados, palestras, conferências e seminários, dentre outros. Em particular, no que tange ao intercâmbio estudantil, o programa prevê que alunos egressos dos três Programas perfaçam um trajeto pelos três Programas, partindo da universidade de origem e realizando estágios semestrais nos outros dois programas, segundo uma grade de disciplinas previamente delimitada. No quadro desse acordo, nosso Programa já acolheu quatro estudantes das Universidades de Rennes I, e enviou seis estudantes que, ao regressarem, ingressaram no PGFILOS-UFPR em nível de Mestrado como bolsistas da Capes, sendo que os três primeiros já concluíram o Mestrado e permanecem na pós-graduação como doutorandos, os dois primeiros no nosso Programa, e a terceira, no PPG em Filosofia da UNICAMP.

Trata-se de um programa que, ao menos à presente altura, não provê a obtenção de um diploma específico, mas é adaptado, em nosso caso, às condições específicas que nos permitem dele auferir os melhores resultados disponíveis. Tendo sido avaliado pela administração de nossa Universidade como um programa inovador de excelência em formação de pessoal, fomos contemplados com uma bolsa de mobilidade acadêmica anual por parte da Agência UFPR Internacional, a ser destinada a estudante selecionado do último período da graduação. A seleção dos candidatos a essa bolsa é feita por meio de um processo de seleção específico do Programa de Pós-Graduação de Mestrado, pelo qual são selecionados candidatos com perfil particularmente adequado que, sendo enviados ao ciclo de estudos nas duas universidades durante um ano, ainda na condição de estudantes de Graduação, têm uma vaga reservada para o ingresso em nosso Programa em nível de Mestrado no momento de seu retorno ao país.

É também oportuno ressaltar as experiências de interdisciplinaridade já verificáveis neste momento. Quanto a isto, mencionamos as áreas de Filosofia da Ciência, na sua relação com as áreas de Química e Matemática, sob iniciativa dos Professores Eduardo Salles de Oliveira Barra e Ronei Mocellin. Outra experiência profícua nesse sentido, e que envolve colaborações com pesquisadores(as) de programas como Antropologia, Letras e História, é a do Grupo de pesquisa interdisciplinar SPECIES, cadastrado no CNPq, que será detalhado oportunamente.

Destacam-se também as diversas iniciativas conduzidas pelas professoras Cristina Foroni e Maria Isabel Limongi em torno das relações entre Política e Direito, cuja participação envolve pesquisadoras(es) da Filosofia, do Direito e da Ciência Política.

 

Ensino à Distância

Disciplinas transversais, conforme descrito em “Experiências inovadoras de formação”.      

Disponibilizado via SIGA UFPR

Universidade Federal do Paraná
FILOSOFIA
Rua Dr. Faivre, 405, 6º andar
Centro - CURITIBA
Telefone:(41) 3360-5048
E-mail: pgfilos@ufpr.br

Universidade Federal do Paraná
FILOSOFIA
Rua Dr. Faivre, 405, 6º andar
Centro - CURITIBA
Telefone:(41) 3360-5048
E-mail: pgfilos@ufpr.br

Imagem logomarca da UFPR

©2021 - Universidade Federal do Paraná - FILOSOFIA

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação