Menu

[Projeto Trilhas Literárias] A Contação de Histórias na Formação Leitora


A Contação de Histórias na Formação Leitora
Convidados: Francisco Gregório Filho, Samara Rosa e Elaine Biss
Quando: dia 28 de outubro, às 20h
Onde: no facebook do projeto @trilhasliterariaspinhais e no canal bit.ly/TrilhasnoYouTube.
Quem não gosta de ouvir histórias? A contação de histórias está presente desde a primeira infância. E é assim que a curiosidade da leitura se desenvolve, ouvindo histórias dos nossos pais, nossos avós ou mesmo na escola. Por isso, Tatjane Garcia, produtora cultural e mestra em Estudos Literários pela UFPR, conversa com Francisco Gregório Filho, Samara Rosa e Elaine Biss sobre a importância da Contação de Histórias na formação leitora.
*Convidados*
Francisco Gregório Filho é contador de histórias e escritor. Desenvolve oficinas de formação de contadores de histórias há mais de 30 anos no Rio de Janeiro e em outras cidades do país. Publicou livros de histórias para leitores infantojuvenis e para adultos. Também escreve artigos para jornais e revistas sobre práticas leitoras e a ação de contar histórias. Foi o primeiro coordenador do Proler/Biblioteca Nacional/Ministério da Cultura, entre 1992 e 1996. Gestor de programas e projetos com as diferentes linguagens artísticas e a formação de leitores. Nasceu em Rio Branco, no Acre, onde foi Secretário de Cultura do Estado por duas vezes. Publicou as obras Dona baratinha e outras histórias, pela Rocco; Lembranças amorosas, pela Global e Ler e contar, contar e ler, pela Letra Capital. Patrono da Cadeira 21 da Academia Brasileira de Contadores de Histórias.
Samara Rosa é apaixonada pela educação e iniciou sua trajetória aos 16 anos. Formada no Magistério, Pedagogia, com MBA em Gestão escolar e Especialização em Literatura e Contação de Histórias. Professora concursada pela Prefeitura Municipal de Curitiba atua com alfabetização e compreende a importância da relação dos livros e da literatura na formação do indivíduo. Em 2019 representou o Brasil em um evento de contadores de histórias na Neuquén/Patagonia Argentina, além de participação especial no programa Quintal da Cultura e um projeto com UNICEF BRASIL na construção de Podcast Afro-Brasileiros onde produziu, roteirizou, narrou histórias e brincadeiras. É contadora de histórias do Projeto Trilhas Literárias.
Elaine Biss é Bacharel em Biblioteconomia, formada pela Universidade Federal do Paraná. Pós Graduada em Sistemas de Informações e em Gestão de Bibliotecas Públicas. Responsável pela Seção de Gestão de Bibliotecas Municipais e Fomento à Leitura e pelas políticas públicas do livro, leitura e bibliotecas no município de Pinhais e pelo sistema de bibliotecas públicas de Pinhais. Foi coordenadora técnica dos Projetos Agentes de Leitura do Paraná e Cotidiano Leitor, em parceria com o Governo do Estado do Paraná. É membro do Conselho Municipal de Política Cultural de Pinhais e coordenadora do Projeto Trilhas Literárias.
*O projeto*
O projeto Trilhas Literárias é aprovado pelo Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura do Paraná – PROFICE, do Governo do Estado do Paraná, conta com o apoio e incentivo fiscal da empresa Copel e parceria da Prefeitura de Pinhais, Biblioteca Pública do Paraná e Programa de Pós-Graduação em Letras da UFPR. Em outubro, o Trilhas Literárias realiza ações de contrapartida adicional no projeto, com lives e oficinas em homenagem ao mês da criança.
#trilhasliterárias #profice #apoiocopel #incentivoaleitura #literaturainfantojuvenil
Universidade Federal do Paraná
Programa de Pós-Graduação em Letras
Rua General Carneiro, 460, 10º andar
Centro - CURITIBA
Telefone:(41) 3360-5102
E-mail: ppgglet@gmail.com

Universidade Federal do Paraná
Programa de Pós-Graduação em Letras
Rua General Carneiro, 460, 10º andar
Centro - CURITIBA
Telefone:(41) 3360-5102
E-mail: ppgglet@gmail.com

Imagem logomarca da UFPR

©2020 - Universidade Federal do Paraná - Programa de Pós-Graduação em Letras

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação