Menu

Português Brasileiro para Migração Humanitária – PBMIH

Desde 2013, o projeto de extensão Português Brasileiro para Migração Humanitária – PBMIH oferece aulas de português para migrantes portadores de visto de auxílio humanitário, refúgio, apátridas e/ou migrantes em vulnerabilidade social moradores de Curitiba e região metropolitana. O objetivo principal do projeto é promover o acolhimento desses sujeitos em nossa cidade (Curitiba), em nossa Universidade (Universidade Federal do Paraná – UFPR) e em nossa língua (o Português Brasileiro – PB). Atualmente, o PBMIH é parte integrante do programa de extensão Política Migratória e a Universidade Brasileira – PMUB. Além disso, encontra-se sob a tutela da Cátedra Sérgio Vieira de Mello em decorrência do Termo de Parceria firmado com o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados – ACNUR.

Contato: pbmih.ufpr@gmail.com

Facebook: https://www.facebook.com/pbmih

Instagram: https://www.instagram.com/pbmih.ufpr

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCMYwMCwTHMgTI8Dv9qSFQJA

NOSSAS AÇÕES

AULAS DE PORTUGUÊS

Professores, voluntários e bolsistas atuam na regência das aulas de Português Brasileiro como Língua Adicional e/ou língua de Acolhimento. As aulas acontecem sempre aos sábados e estão distribuídas nos seguintes níveis: 

  • Básico I;
  • Básico II;
  • Pré-Intermediário;
  • Intermediário I;
  • Intermediário II;
  • Avançado;
  • Crianças;
  • Criolo Haitiano (curso ministrado por migrantes haitianos ex-alunos do PBMIH).

FORMAÇÃO 

Não há na UFPR uma habilitação em Português como Língua Adicional e/ou Língua de Acolhimento. Desse modo, o PBMIH oferece aos estudantes de graduação e pós-graduação, estagiários e voluntários do projeto um curso de formação inicial e continuada voltado a essa especialidade.

REVISTA RESSONÂNCIAS

A Revista Ressonâncias tem como principal premissa disponibilizar e ampliar o acesso a materiais de apoio didático de Português como Língua Adicional e Português como Língua de Acolhimento a comunidades de migrantes em situação de refúgio, acolhida humanitária e em vulnerabilidade social, bem como a professores em formação inicial e/ou continuada que trabalhem com esse público. A revista é fruto dos materiais de apoio didático elaborados pelos docentes e colaboradores do projeto de extensão PBMIH (Português Brasileiro para Migração Humanitária) da UFPR. Com 7 anos de existência, o projeto conta, atualmente, com 43 docentes, os quais ministram aulas para 6 níveis e projetos itinerantes. Acreditamos na necessidade de fazer ressoar as reflexões produzidas em, a partir e através da sala de aula, a qual contém a identidade de um projeto diverso, heterogêneo e plural.

Link: https://issuu.com/ressonancias

ENTRELAÇOS

Ação desenvolvida com com mulheres migrantes e refugiadas que residem em Curitiba e Região Metropolitana alunas do projeto de extensão Português Brasileiro para Migração Humanitária (PBMIH). O objetivo da ação é fortalecer laços afetivos e culturais, partilhar experiências e acolhê-las de maneira generosa e criativa. A ação é promovida pela Cátedra Sérgio Vieira de Melo da UFPR por meio do PBMIH em parceria com o curso de Design da Universidade.

PASSOS

O Passos é um aplicativo de celular (IOS) baseado no conceito de minijogos voltado ao ensino-aprendizagem de Português como Língua Adicional e como Língua de Acolhimento direcionado a comunidades de migrantes estrangeiros em situação de refúgio, acolhida humanitária e/ou em vulnerabilidade social. O aplicativo é resultado das concepções teóricas e metodológicas desenvolvidas no âmbito do projeto de extensão Português Brasileiro para Migração Humanitária – PBMIH. Nessa primeira etapa, os minijogos são voltados a aprendizes em nível iniciante e as temáticas versão sobre alimentação, vestuário, descrição de sintomas de doenças e moradia.

Link: em breve

NÚCLEO DE INTEGRAÇÃO PBMIH

O Núcleo almeja o desenvolvimento de atividades culturais que, por um lado, auxiliem na divulgação das culturas dos países das comunidades atendidas e, por outro, possibilitem a ocupação e a circulação dessa população em locais de cultura e lazer da cidade (Curitiba), proporcionando, ainda, uma sensibilização da comunidade local. Para tal, desde de 2014, o Núcleo já promoveu diversas ações culturais, entre elas:

a) visita a museus;

b) a campanha “Somos todos Migrantes”;

c) edições do evento “Literatura de Refúgio” – ação que lança mão de textos literários declamados no original (pelos migrantes) e em traduções (pelos alunos de Letras/UFPR) para abordar e problematizar a temática do refúgio e migração – é mister ressaltar que essa ação, normalmente, é realizada fora dos muros da Universidade;

d) a campanha “Ser Migrante” com apresentação cultural no Teatro Guaíra;

e) a 7º edição da revista TOM da UFPR – “Andanças: travessias da migração e do refúgio”;

f) festas de encerramento com apresentações culturais dos alunos em cada final de semestre, dentre outras iniciativas.

Links:

Campanha “Somos todos Migrantes”

Campanha “Ser Migrante”

Campanha “Ser UFPR”

Revista TOM 07- “Andanças: travessias da migração e do refúgio”

Universidade Federal do Paraná
Programa de Pós-Graduação em Letras
Rua General Carneiro, 460, 10º andar
Centro - CURITIBA
Telefone:(41) 3360-5102
E-mail: ppgglet@gmail.com

Universidade Federal do Paraná
Programa de Pós-Graduação em Letras
Rua General Carneiro, 460, 10º andar
Centro - CURITIBA
Telefone:(41) 3360-5102
E-mail: ppgglet@gmail.com

Imagem logomarca da UFPR

©2020 - Universidade Federal do Paraná - Programa de Pós-Graduação em Letras

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação