Menu

Proposta Curricular

Estrutura Curricular

O Programa de Pós-graduação em Letras é um programa misto, dividido em duas áreas de concentração: Estudos Linguísticos (04 linhas de pesquisa) e Estudos Literários (03 linhas de pesquisa). Este item 3.1 sintetiza o histórico de reformas e ajustes que moldaram o formato do Programa, detalhando o modo como se articulam atualmente seus diferentes componentes curriculares.

 

1. Estrutura curricular atual

 

1.1. Áreas de concentração e Linhas de pesquisa

 

A Reforma Curricular 2010-2012 criou uma estrutura mais enxuta de organização do Programa, que corresponde também a sua estrutura atual, com 02 áreas de concentração (Estudos Linguísticos e Estudos Literários) e 07 linhas de pesquisa: 04 na área de Estudos Linguísticos e 03 na área de Estudos Literários, representativas das principais linhas de força da pesquisa e da formação no PPG-Letras. Como as linhas na área de Estudos Linguísticos aproximam-se de um recorte dos campos disciplinares da área, a maioria dos docentes está vinculada apenas a uma linha. Como as linhas de pesquisa na área dos Estudos Literários fazem um recorte mais transversal dos campos disciplinares da área, cerca de 30% dos docentes estão vinculados a duas linhas de pesquisa.

 

As áreas de concentração e suas respectivas linhas de pesquisa do Programa são as seguintes:

 

Área de Concentração em Estudos Linguísticos

 

LINHA 1: Estudos gramaticais: descrição, análise, teoria, metateoria e historiografia

Reflexão crítica sobre movimentos da história e da filosofia da linguística. Estudos sobre fenômenos gramaticais das línguas naturais, nos níveis fonético-fonológico, morfológico, sintático e semântico, tanto do ponto de vista da modelagem formal, como do ponto de vista da realidade psicológica (processamento e aquisição).

 

LINHA 2: Linguagem e práticas sociais

Estudos teóricos e empíricos sobre os usos da linguagem na interação social e nas situações de bilinguismo e de contatos entre línguas ou entre variedades da mesma língua. Estudos que buscam o entendimento do uso real da linguagem a partir de várias perspectivas e teorias do texto, do discurso, da pragmática e da variação e mudança e de sua interface com outras áreas da linguística e das ciências humanas.

 

LINHA 3: Linguagens, culturas e identidades: ensino e aprendizagem

Estudos voltados a processos de formação/educação inicial e continuada de professores de línguas e literaturas. Formação de professores formadores. Questões de aquisição, aprendizagem e ensino de LE.

 

LINHA 4: Alemão como língua estrangeira

Estudos de aspectos relacionados à presença e à difusão do idioma, cultura e literatura dos países de língua alemã no Brasil, relacionados ao ensino e aprendizagem, tradução, interculturalidade, mediação cultural e reflexão linguística e literária sob abordagens contrastivas.

 

Área de Concentração em Estudos LITERÁRIOS

 

LINHA 1: Literatura, história e crítica

Estudo das figurações dos discursos de caráter historiográfico no discurso literário. Estudo de questões da historiografia e da crítica literárias. Estudo de conceitos de cânone e das dinâmicas de relação entre diferentes tradições e/ou sistemas literários.

 

LINHA 2: Literatura e outras linguagens

Estudo das relações entre literatura e outras linguagens, seja no plano estético, seja no das manifestações culturais e dos sistemas culturais nos quais elas se configuram.

 

LINHA 3: Alteridade, mobilidade e tradução

Estudo das figurações da mobilidade e das construções de alteridade na literatura e na tradução literária, com foco nas questões de identidade e diferença. Estudo da literatura e da tradução literária como práticas de mobilidade e de construção da alteridade, com foco nas dimensões estética, social e cultural das questões de reescritura, adaptação, edição, leitura e recepção.

 

1.2. Elenco de disciplinas: articulação dos componentes curriculares

 

Como resultado final do Ajuste Curricular 2017-2019, implantado em 2020, o elenco atual de disciplinas do Programa é composto por 42 disciplinas, 21 em cada área de concentração (para o detalhamento de cada disciplina, vide http://www.prppg.ufpr.br/site/ppgletras/pb/disciplinas/). Nenhuma disciplina tem caráter obrigatório. A oferta semestral das disciplinas é organizada de modo a manter um equilíbrio entre as disciplinas dos diferentes núcleos curriculares, estruturados como apresentamos a seguir.

 

Área de Concentração em Estudos Linguísticos

 

O conjunto de 21 disciplinas da área articula-se em 4 núcleos curriculares: núcleo de fundamentos (disciplinas de formação básica na área dos Estudos Linguísticos), núcleo específico (disciplinas ligadas à especificidade de cada uma das 04 linhas de pesquisa), núcleo avançado (disciplinas de aprofundamento de um determinado tópico de pesquisa na área de concentração) e núcleo especial (disciplinas funcionais, reguladoras de atividades interinstitucionais, como cursos livres de professores visitantes, equivalências etc.).

 

NÚCLEO DE FUNDAMENTOS (05 disciplinas):

  • Fundamentos de Fonética e Fonologia
  • Fundamentos de Semântica
  • Fundamentos de Sintaxe
  • Pesquisa no Ensino/Aprendizagem de Línguas
  • Prática de Docência em Estudos Linguísticos

 

NÚCLEO ESPECÍFICO (11 disciplinas)

LINHA 1: Estudos Gramaticais: descrição, análise, teoria, metateoria e historiografia

  • Teoria e Análise Gramatical
  • Modelos de Análise Linguística
  • Interfaces da Linguística

 

LINHA 2: Linguagens e Práticas Sociais

  • Linguagem, Contexto e Sentido
  • Linguagem, Contexto e Uso

 

LINHA 3: Linguagens, Culturas e Identidades: Ensino e Aprendizagem

  • Formação de Professores nas Letras Estrangeiras
  • Agência, Identidade e Discurso
  • O Estatuto Social das Línguas
  • Letramentos e Ensino/Aprendizagem de Línguas

 

LINHA 4: Alemão como Língua Estrangeira

  • Interculturalidade no ensino de LE
  • Tradução no Ensino de LE

 

NÚCLEO AVANÇADO (2 disciplinas)

  • Tópicos Avançados em Linguística
  • Tópicos Avançados em Linguística Aplicada

 

NÚCLEO ESPECIAL (3 disciplinas)

  • Seminários em Estudos Linguísticos I (15h)
  • Seminários em Estudos Linguísticos II (30h)
  • Tópicos Especiais em Estudos Linguísticos

 

Área de Concentração em Estudos LITERÁRIOS

 

O conjunto de 21 disciplinas da área articula-se em 4 núcleos curriculares: núcleo comum (disciplinas de formação básica e de construção de repertório na área dos Estudos Literários), núcleo específico (disciplinas ligadas à especificidade de cada uma das 03 linhas de pesquisa), núcleo avançado (disciplinas de aprofundamento de um determinado tópico de pesquisa na área de concentração) e núcleo especial (disciplinas funcionais, reguladoras de atividades interinstitucionais, como cursos livres de professores visitantes, equivalências etc.).

 

NÚCLEO COMUM (07 disciplinas):

  • Teoria da Ficção
  • Teoria da Poesia
  • Teoria do Teatro
  • Ficção
  • Poesia
  • Dramaturgia
  • Prática de Docência em Estudos Literários

 

NÚCLEO ESPECÍFICO (8 disciplinas)

LINHA 1: Literatura, História e Crítica

  • Literatura e História
  • Crítica e Historiografia Literária

 

LINHA 2: Literatura e Outras Linguagens

  • Literatura e Imagem
  • Literatura e Intermidialidade

 

LINHA 3: Alteridade, Mobilidade e Tradução

  • Literatura e Alteridade
  • Literatura e Mobilidade
  • Crítica e Tradução Literária
  • Teoria da Literatura e da Tradução

 

NÚCLEO AVANÇADO (03 disciplinas)

  • Literatura e Modernidade
  • Tópicos Avançados em Literatura
  • Tópicos Avançados em Teoria Literária

 

NÚCLEO ESPECIAL (3 disciplinas)

  • Seminários em Estudos Literários I (15h)
  • Seminários em Estudos Literários II (30h)
  • Tópicos Especiais em Estudos Literários

 

Cabe destacar, ainda, a inclusão da disciplina de Prática de Docência no núcleo curricular comum (na área de Estudos Literários) e no núcleo de fundamentos (na área de Estudos Linguísticos). Com esse movimento, cria-se, entre as disciplinas de base de cada área, um espaço de formação voltado exclusivamente para o ensino em nível superior. A disciplina é obrigatória somente para os doutorandos bolsistas, mas um número cada vez maior de doutorandos e mestrandos vem cursando a disciplina, sempre sob a tutela de seus orientadores.

 

1.3. Créditos e aproveitamento em disciplinas

 

Nas disciplinas, o aproveitamento é avaliado por meio de provas e trabalhos (a critério do professor). Para efeito de avaliação do desempenho acadêmico, são atribuídos os seguintes conceitos:

A = Excelente = 9,0 a 10,0

B = Bom = 8,0 a 8,9

C = Regular = 7,0 a 7,9

D = Insuficiente

 

Dois conceitos D no histórico escolar implicam o cancelamento automático da matrícula do aluno e, portanto, seu desligamento do Programa. Duas notas C tornam o aluno inelegível no processo de solicitação de bolsa de estudos, renovada anualmente a partir de critérios que levam em conta suas atividades acadêmicas, entre as quais se inclui também seu aproveitamento nas disciplinas. A frequência mínima exigida é de 75%, e o aluno não poderá ser reprovado por faltas em mais de duas disciplinas.

 

Aos alunos da graduação, é facultada a frequência das disciplinas do PPG-Letras, o que caracteriza uma forma de integração entre a graduação e a pós-graduação. Uma vez atingida a frequência mínima exigida, essa atividade pode ser validada como crédito de horas formativas na graduação. Havendo disponibilidade de vagas, as turmas acolhem também alunos especiais, um expediente que vem se mostrando bastante produtivo como estágio intermediário para o ingresso no Programa, especialmente para candidatos que vêm de outras áreas.

 

1.4. Exigências para obtenção do grau de Mestre em Letras

 

Para obter o diploma de Mestre em Letras, os alunos do curso devem cumprir as seguintes exigências:

  • O currículo deverá totalizar um mínimo de 60 créditos, assim divididos: mínimo de 24 créditos em disciplinas (cada crédito equivale a 15h/aula) e um total de 36 créditos pela redação e defesa da dissertação de Mestrado;
  • Aprovação em Exame de Qualificação (realizado até o 18º. mês de curso);
  • Aprovação da dissertação de mestrado em defesa pública, com banca constituída por 03 membros: orientador (presidente da banca), 01 docente do Programa e 01 docente externo (com participação presencial).

 

1.5. Exigências para obtenção do grau de Doutor em Letras

 

Para obter o diploma de Doutor em Letras, os alunos do curso devem cumprir as seguintes exigências:

  • O currículo deverá totalizar um mínimo de 80 créditos, assim divididos: mínimo de 48 créditos em disciplinas (podendo o doutorando solicitar o aproveitamento de até 30 créditos das disciplinas cursadas no Mestrado) e um total de 32 créditos pela redação e defesa da tese de Doutorado;
  • Aprovação em Exame de Qualificação (realizado entre o 24º. e o 36º. mês de curso);
  • Aprovação da tese de doutorado em defesa pública, com banca constituída por 05 membros: orientador (presidente da banca), 01 docente do Programa e 03 docentes externos (com participação presencial de pelo menos 01 dos membros externos);
  • Para alunos bolsistas, há ainda a obrigatoriedade adicional de cumprir créditos na disciplina de Prática de Docência ? para os demais alunos, esta mantém-se de caráter optativo, assim como todas as demais disciplinas do elenco;

 

2. Instâncias de gestão acadêmica: Colegiado do Programa (COPOL), Comissão Gestora e Comissão de Autoavaliação

 

O COLEGIADO do Programa (COPOL), cujas atribuições estão definidas no Regimento do PPG-Letras, é a instância máxima de deliberação para assuntos de natureza acadêmica. Desde a Reforma Curricular de 2010-2012, o COPOL, integrado por 11 membros, é constituído do seguinte modo:

a) Coordenador do Programa, seu presidente;

b) Vice-coordenador;

c) 01 representante docente de cada uma das 07 linhas de pesquisa, escolhido pelo conjunto de professores integrantes da linha;

d) 01 representante discente de cada uma das 02 áreas de concentração.

 

A COMISSÃO GESTORA, instaurada em 2018 conforme as normativas do PROEX, é a instância máxima de deliberação para assuntos de natureza financeira, sendo responsável pela determinação da política de distribuição de recursos, pela gestão do orçamento anual do Programa e pelo processo de seleção e atribuição de bolsas. A Comissão Gestora, integrada por 06 membros, é constituída do seguinte modo:

a) Coordenador do Programa, seu presidente;

b) Vice-coordenador;

c) 01 representante docente da área de Estudos Linguísticos;

d) 01 representante docente da área de Estudos Literários;

e) 01 representante discente da área de Estudos Linguísticos;

f) 01 representante discente da área de Estudos Literários;

 

A COMISSÃO DE AUTOAVALIAÇÃO, formalizada em 2019 em conformidade com as diretrizes da CAPES, é a instância de acompanhamento e avaliação de todas as atividades do PPG-Letras. Cabem-lhe, como tarefas: o constante diagnóstico da situação do Programa em face de seu histórico e de suas metas, o apoio ao enfrentamento de eventuais situações críticas, a discussão da readequação de procedimentos internos diante de novos critérios vigentes no sistema nacional de pós-graduação e a proposição de políticas capazes de fazer com que o conjunto de ações do PPG-Letras continue contribuindo para a realização efetiva de seus objetivos. A Comissão de Autoavaliação, integrada por 11 membros, é constituída do seguinte modo:

a) Coordenador do Programa, seu presidente;

b) Vice-coordenador;

c) 02 representantes docentes da área de Estudos Linguísticos;

d) 02 representantes docentes da área de Estudos Literários;

e) 02 representantes discentes da área de Estudos Linguísticos;

f) 02 representantes discentes da área de Estudos Literários;

g) 01 representante técnico-administrativo.

Experiências Inovadoras de Formação

Ensino à Distância

Não.

Disponibilizado via SIGA UFPR

Universidade Federal do Paraná
Programa de Pós-Graduação em Letras
Rua General Carneiro, 460, 10º andar
Centro - CURITIBA
Telefone:(41) 3360-5102
E-mail: ppgglet@gmail.com

Universidade Federal do Paraná
Programa de Pós-Graduação em Letras
Rua General Carneiro, 460, 10º andar
Centro - CURITIBA
Telefone:(41) 3360-5102
E-mail: ppgglet@gmail.com

Imagem logomarca da UFPR

©2020 - Universidade Federal do Paraná - Programa de Pós-Graduação em Letras

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação