UFPR NO DIA DE CAMPO CVALE

Setor: Palotina

Coordenador: Leandro Paiola Albrecht

Vice-coordenador: Robson Fernando Missio

Alunos bolsistas: Claudinei Capelle, Felipe Nunes Da' Col, Fernando Henrique Ecco

Alunos voluntários: Andrêas Allan Neiverth, Andreos Dos Santos Becker, Augusto Tessele, Cleonice Lubian, Danilo Morilha Rodrigues, Eduardo José da Silva, Evaldo Henrique Lazzari Hendges, Fábio Henrique Krenchinski, Giovana Orso, Giovane Moreno, Henrique Lovatel Villetti, Jean Carlo Bortoloso Trentini, Jean Elisier Reckziegel, Katle Samaya Wobeto, Klever Jonata Fildler, Victor José Salomão Cesco, Vinicius Gabriel Caneppele Pereira

Docentes participantes: Alessandra Monteiro de Paula, Jonathan Dieter, Juliano Cordeiro, Roberto Luis Portz, Vilson Luis Kunz, Vivian Carré Missio

Técnicos administrativos participantes: Jamilson Bispo de Oliveira

Participantes Externos: Enoir Cristiano Pellizzaro

Área Temática: Tecnologia e Produção


RESUMO

Diante da relevância do agronegócio para o Estado do Paraná, em especial para o município de Palotina e região, compreendendo a significância da inserção da UFPR Setor Palotina nesse contexto, torna-se relevante o envolvimento do mesmo em atividades extensionistas praticadas na região. Com o objetivo de socializar o conhecimento acadêmico, promover o envolvimento da comunidade regional na vida da universidade, propor práticas de desenvolvimento agrícola sustentável, inserir os acadêmicos na realidade local e divulgar a Universidade Federal do Paraná, fez e faz-se necessário a execução desse projeto de extensão. O público envolvido foi e será a comunidade acadêmica, agricultores e demais profissionais do agronegócio de Palotina e região (especialmente do âmbito de atuação da Cooperativa CVale). Foram (em 2012/2013) e serão (2013/2014) identificadas demandas regionais, praticada interações dialógica com diferentes atores da comunidade envolvida, preparação de unidades demonstrativas (de caráter multi e interdisciplinar) nos "Dias de Campo" realizados pela CVale Cooperativa Agroindustrial, organização e implementação de atividades nos "Dias de Campo", além do processo avaliativo e divulgação de resultados de experimentos de validação a campo (indissociabilidade: extensão/pesquisa/ensino). Para 2013/2014, após diagnose inicial de demandas e anseios da comunidade, em termos agrotecnológicos, serão delineadas as atividades a serem conduzidas, de forma a atender as propostas do projeto. Os acadêmicos (bolsistas ou voluntários) estiveram e estarão interagindo em todas as etapas, permitindo aos mesmos o desenvolvimento de atributos pessoais, contato com a comunidade e a vivência com a extensão rural. Assim, a academia, através de seu capital intelectual, interagindo com acadêmicos em processo formativo e atores sociais do público externo, transcende a esfera do academicismo, identificando conhecimentos difundidos na Universidade e adquiridos pela pesquisa, com os anseios da comunidade, no sentido de proporcionar o desenvolvimento econômico, social e cultural, dentro das premissas da sustentabilidade.

Palavra-Chave: Extensão Rural, Desenvolvimento Regional, Agrotecnologia